Agenor em ação pelo Atlético-GO
Twitter / Reprodução
Agenor em ação pelo Atlético-GO

O volante Agenor, que defendeu as cores de Ponte Preta e Atlético-GO , entre outros clubes, morreu na noite desta segunda-feira após sofrer um acidente de carro na cidade de Planaltina, no Distrito Federal.

Leia também: Homens que fazem segurança de jogadores do Real trabalham em condições precárias

Agenor , que estava com 38 anos de idade, perdeu o controle do seu veículo, se chocou ontra uma moto e não resistiu aos ferimentos. O homem que conduzia a motocicleta era Wemerson de Oliveira Dias, de 27 anos, e também morreu - ele chegou a ser levado para o Hospital Regional de Sobradinho, mas teve uma parada cardiorrespiratória.

Segundo testemunhas que presenciaram o acidente, o jogador estava dirigindo pela ponte do córrego Mestre D’Armas, quando perdeu o controle do carro, atravessou a pista, bateu na moto que estava no outro sentido e capotou. Agenor morreu no local.

Leia também: Após ter sido atropelado, idoso recebe a visita do volante Ralf

Agenor Figueiredo Santos iniciou a carreira no Brasília e teve passagens por diversos clubes do Brasil, como Brasiliense, Gama, Formosa, Atlético-GO, Ponte Preta, América-MG, Vila Nova, Paraná e Santo André. Seu último clube foi o Planaltina, equipe da segunda divisão do Campeonato Candango.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários