Tamanho do texto

Paranaenses venceram o jogo de ida por 1 a 0, na Arena da Baixada, e precisam apenas de um empate no Beira-Rio. Vote no seu favorito

Internacional x Athletico-PR arrow-options
Agência O Globo
Internacional e Athletico-PR disputam o título da Copa do Brasil

Internacional e Athletico-PR fazem nesta quarta-feira (18), no estádio do Beira-Rio, o o jogo de volta da grande final da Copa do Brasil. Na ida, o Furacão venceu na Arena da Baixada por 1 a 0, com gol de Bruno Guimarães.

Leia também: Carol Portaluppi é zoada por athleticano e responde: "Achei ofensivo"

Para ser campeão, o Athletico-PR precisa apenas de um empate, enquanto os Colorados precisam vencer por dois gols ou mais de diferença. Caso o Inter vença pela diferença de um gol, a final da Copa do Brasil será decidida na disputa por pênaltis.

Polêmica

Tiago Nunes arrow-options
Reprodução / Athletico Paranaense
Tiago Nunes deu declaração polêmica antes da final

Por ser uma decisão de um grande torneio, o clima tenso já era esperado antes da partida desta quarta, mas Tiago Nunes , técnico do Furacão, colocou uma pimenta a mais após uma declaração polêmica no último final de semana.

“O pessoal lá está confiante, chopp comprado, falando em virada, em título, mas somos uma equipe cascuda, não somos fáceis de ser batidos”, disse o treinador, insinuado um clima de "já ganhou" por parte do Internacional .

Leia também: Torcedor do Athletico-PR é brutalmente agredido; imagens são fortes

A frase de Tiago Nunes não repercutiu bem pelos lados do Colorado, e o meio-campista Rodrigo Lindoso tornou pública a sua insatisfação, esquentando ainda mais o clima para a final.

“Fica até difícil de eu falar alguma coisa porque não ouvi a entrevista. Não vou ser irresponsável de julgar alguma coisa dessa fala dele. Mas se aconteceu isso, creio que é uma forma irresponsável de falar e comprar ideias para jogadores. Futebol não cabe mais criar história para motivar. Hoje em dia, a maioria dos atletas é pai de família. Eu tenho minha motivação diária. Não preciso que invente história ou que fale algo que vai me motivar mais. Não tenho certeza, mas não posso ser leviano de confirmar uma coisa que não vi. No futebol não tem mais espaço para isso”, disse o volante.

O caminho até a final

Guerrero comemora gol do Inter contra o Cruzeiro arrow-options
Agência O Globo
Inter passou sem dificuldades pelo Cruzeiro na semifinal

Assim como os outro clubes que disputaram a Libertadores, Inter e Athletico-PR entraram na Copa do Brasil direto nas oitavas de final. Os gaúchos enfrentaram o Paysandu e passaram sem dificuldades e com duas vitórias, enquanto os paranaenses pegaram o Fortaleza e se classificaram com a vitória em casa por 1 a 0 após empate sem gols no jogo de ida.

Nas quartas de final o cenário mudou e as duas equipes tiveram que superar o favoritismo de seus rivais para avançar na competição. O Inter enfrentou o Palmeiras e mesmo após perder a ida por 1 a 0, buscou o resultado em casa e conseguiu a classificação nos pênaltis, assim como o Athletico, que ficou no 1 a 1 contra o Flamengo nas duas partidas.

Leia também: Dirigentes do Inter tentaram invadir gramado para cobrar juiz na CDB; assista

Nas semifinais, o Furacão mais uma vez se mostrou especialista nas cobranças de pênaltis. Após derrota por 2 a 0 para o Grêmio no jogo de ida, reagiu na Arena Baixada e venceu nas penalidades por 5 a 4. Já o Inter enfrentou o Cruzeiro, que vive péssima fase na temporada, e avançou sem dificuldades com vitórias por 1 a 0 e 3 a 0.

Técnicos em busca da consagração

técnico Odair Hellmann arrow-options
Reprodução / Internacional
O técnico Odair Hellmann busca o primeiro título da carreira

Tanto Athletico-PR quanto Internacional chegaram na final da Copa do Brasil apresentando um bom futebol, e os técnicos das duas equipes podem ser considerados os grandes responsáveis por isso. A semelhança entre Tiago Nunes e Odair Hellman não fica apenas na qualidade de jogo de suas equipes, mas também no momento de suas carreiras.

No comando do Internacional desde o vice-campeonato da Série B de 2017, Odair conduziu o Inter ao terceiro lugar da Série A de 2018, classificando o clube para a Libertadores. A campanha já o credencia com um dos bons técnicos da "nova geração", e o título da Copa do Brasil chegaria parar coroar o seu trabalho.

No outro banco de reservas estará Tiago Nunes, contratado pelo Athletico-PR em 2017 para comandar o sub-23 do clube. Em 2018, o Furacão optou por utilizar os garotos da base no Campeonato Paranaense sob o comando do treinador, que conquistou o título.

Leia também: Mãe e filho gremistas são agredidos por colorados no Beira-Rio; assista

No mesmo ano, Tiago Nunes substituiu Fernando Diniz no time principal e conduziu o Athletico ao título da Copa Sul-Americana, o primeiro título internacional do clube. Para muitos torcedores, um título nesta quarta-feira o tornaria o maior treinador da história do Furacão.

Prováveis escalações

Athletico-PR : Santos; Khellven (Madson), Bambu, Léo Pereira (Lucas Halter) e Márcio Azevedo; Wellington, Bruno Guimarães e Léo Cittadini; Nikão, Rony e Marco Ruben

Internacional : Marcelo Lomba; Bruno, Moledo, Cuesta e Uendel; Lindoso, Edenílson, Patrick, D’Alessandro e Nico López; Guerrero