Tamanho do texto

Verdão bate a Chapecoense por 2 a 1 e garante a primeira colocação

Lance


Palmeiras
Reprodução/Twitter
Dudu e Marcos Rocha são protagonistas na vitória do Palmeiras, na Arena Condá

O Palmeiras voltou a ser vazado depois de um mês, mas ainda assim conseguiu vencer a Chapecoense por 2 a 1 e garantir seu oitavo triunfo seguido. Esta é a melhor marca do clube em dez anos - em 2009, o Verdão conseguiu nove vitórias em sequência, entre janeiro e fevereiro.

LEIA MAIS: Atlético-MG goleia CSA e se isola na vice-liderança do Brasileirão

A lista conta com cinco partidas no Brasileiro (Internacional, Atlético-MG, Santos, Botafogo e Chapecoense), duas na Copa do Brasil (ambas contra o Sampaio Corrêa) e uma na Libertadores (San Lorenzo-ARG). Classificado nos dois mata-matas, o time lidera o Brasileiro, mesmo sem ainda ter o resultado contra o Botafogo homologado.

O triunfo sobre a Chape foi construído todo no primeiro tempo, quando o Verdão criou mais. Abriu o placar com Dudu, depois de boa jogada entre Deyverson e Zé Rafael - o camisa 8 até caiu na área, mas em vez de pedir o pênalti, deu o passe caído para o primeiro gol.

LEIA MAIS: Santos vence e estraga festa do Ceará no Castelão

A vantagem durou poucos minutos, graças ao pênalti cometido por Deyverson. A infração convertida por Everaldo encerrou a sequência de sete jogos sem ser vazado. Até então, o último gol havia sido levado no dia 1º de maio, contra o CSA, no único jogo que o Palmeiras não venceu neste Brasileiro.

Marcos Rocha, conhecido cobrador de laterais na área desde os tempos de Atlético-MG, desta vez se aproveitou da jogada e marcou um golaço, ainda no primeiro tempo. Resultado justo, já que o Verdão, tendo mais a bola, soube criar jogadas para chegar na meta de Tiepo.

LEIA MAIS: São Paulo e Cruzeiro empatam em jogo com muita reclamação

Após o intervalo, a Chape aumentou a posse de bola e passou a incomodar mais. Ainda que Weverton mais uma vez não tenha sofrido, esta foi uma partida que o adversário conseguiu finalizar com mais frequência (foram 15 para a Chape, apenas cinco com direção).

Já são 30 partidas sem derrota para a equipe no Brasileiro: 23 vitórias e sete empates no período, levando em conta as edições de 2018 e 2019. O Palmeiras mostra-se cada vez mais fortalecido.