Givanildo de Oliveira
Estevão Germano / América
Givanildo de Oliveira não é mais técnico do América-MG


Givanildo de Oliveira não é mais treinador do América-MG. Na manhã desta quarta-feira (1º), o clube anunciou a demissão do técnico e, por meio de nota, agradeceu os serviços prestados. Com a dispensa na segunda rodada, o time de Minas Gerais é o primeiro do Campeonato Brasileiro da Série B a trocar de comandante. Um dia antes, a equipe mineira foi derrotada por 1 a 0 pelo Botafogo-SP, em plena Arena Independência, em Belo Horizonte (MG).

Leia também: Torcedor do Palmeiras terá de recorrer a rádios de Maceió para acompanhar jogo

Ídolo do clube, Givanildo de Oliveira estava à frente do Coelho desde novembro de 2018, em sua quinta passagem. Ao todo, ele dirigiu o América-MG em 258 jogos, com 123 vitórias, 68 empates e 67 derrotas. Este ano, o treinador esteve à frente do time em 18 jogos, sendo sete vitórias, cinco empates e seis derrotas, nas disputas da Série B, Mineiro e Copa do Brasil.

Com 70 anos, o treinador possui três títulos no clube mineiro: estadual de 2016, Série C de 2009 e Série B de 1997. Conhecido como “Rei do Acesso”, Givanildo conseguiu o feito de subir para uma divisão superior do Brasileiro seis vezes, três delas com o Coelho.

Leia também: Ricardo Goulart lesiona o joelho e desfalcará o Palmeiras por dois meses

O clube ainda não tomou uma decisão sobre o substituto de Givanildo de Oliveira . A tendência é que o treinador do Sub-17, Cauan de Almeida, assuma interinamente. O próximo compromisso do clube acontece apenas no dia 11 de maio, às 11h, quando o América-MG visita o Criciúma no estádio Heriberto Hülse, em Criciúma. O time mineiro é o último colocado da Série B, ainda sem pontuar.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários