Tamanho do texto

Willian marca dois, Verdão derrota o Tricolor fora de casa e entra no G-4 do Brasileirão; no clássico, Timão abre o placar, mas Peixe busca a igualdade

O Palmeiras entrou no G-4 do Campeonato Brasileiro ao derrotar o Grêmio pelo placar de 2x0 em Porto Alegre, nesta quarta-feira (6), pela décima rodada da competição. O dois gols da partida foram marcado pelo atacante Willian, que agora divide a artilharia da competição com Roger Guedes, do Atlético-MG.

Willian brilhou com dois gols e deu a vitória ao Palmeiras contra o Grêmio
Divulgação
Willian brilhou com dois gols e deu a vitória ao Palmeiras contra o Grêmio

Com o resultado, o Palmeiras  foi a 17 pontos e assumiu a terceira posição do Campeonato Brasileiro. O Grêmio, com 16 pontos, agora é o sexto colocado.

O jogo

O Palmeiras começou o jogo no campo de ataque e por muito pouco não abriu o placar logo no primeiro minuto: a bola sobrou para Willian na entrada da área e ele bateu de perna esquerda, carimbando a trave de Marcelo Grohe.

Leia também: Petição pelo adiamento da Copa do Mundo ultrapassa 10 mil assinaturas

Após o susto, a equipe do Grêmio começou a se impor na partida e a dominar as ações. A velocidade de Everton e Luan dava trabalho para a defesa palmeirense. A primeira boa chance dos donos da casa veio aos 16, quando Jailson fez bela defesa em chute venenoso de Leonardo de fora da área.

Apesar da iniciativa gremista, o Palmeiras seguia perigoso nos contra ataques. As duas equipes faziam partida em ritmo alucinante. Willian voltou a acertar após sobra de bola dentro da área no final da primeira etapa.

No segundo tempo, as equipes voltaram no mesmo ritmo e foi o Grêmio quem quase abriu o placar logo no primeiro lance: Lima recebeu de André na entrada da área e bateu firme, mas Jailson apareceu para salvar o Palmeiras novamente. Cinco minutos depois, o Tricolor voltou a assustar com Arthur, que tentou cruzamento da ponta direita e acabou acertando a trave.

O Grêmio seguia em cima, mas, aos 21 minutos, foi o Palmeiras quem conseguiu finalmente abrir o placar. Em contra ataque rápido, Dudu recebeu com liberdade pela esquerda, puxou para o meio e deu bom passe para Willian. De dentro da área, o camisa 29 pegou de primeira com a perna esquerda e conseguiu balançar as redes.

Leia também: Após escândalo sexual, seleção mexicana libera jogador por "assuntos pessoais"

O gol do adversário não freou o ataque gremista. A equipe tricolor teve duas boas chances logo após o gol palmeirense, mas viu a zaga adversária aparecer bem apra afastar o perigo.

Com a vantagem no placar, Roger Machado promoveu as entradas de Thiago Santos e Jean, fortalecendo o setor defensivo da equipe. As alterações deram certo e a equipe do gremista apresentava mais dificuldades para entrar na defesa palmeirense.

Aos 41 minutos de jogo, o Palmeiras conseguiu matar a partida. Hyoran puxou contra ataque e tentou enfiada longa, a bola bateu em Leonardo, mas acabou sobrando para Willian, que invadiu a área e bateu na saída de Grohe para aumentar a vantagem e garantir os três pontos para a equipe paulsita.

Na próxima rodada, o Palmeiras vai à Fortaleza encarar o Ceará, enquanto o Grêmio recebe o América-MG em Porto Alegre.

Corinthians e Santos empatam

Mais cedo, Corinthians e Santos disputaram clássico em Itaquera e empataram pelo placar de 1x1. Com o resultado, o Timão foi aos 15 pontos e está na oitava colocação do Brasileirão. Já o time da Baixada está na 15ª posição, com dez pontos conquistados. 

Em um jogo equilibrado e bastante movimentado, o time da casa abriu o placar com Roger aos seis minutos da segunda etapa. Rodriguinho ganhou o fundo pela direita e cruzou rasteiro para o camisa nove, que adiantou a marcação e finalizou de perna direta para vencer Vanderlei. A equipe do Santos empatou aos 29 minutos do segundo tempo, com o lateral Victor Ferraz, que apareceu de surpresa dentro da área e completou cruzamento de cabeça.

O resultado do clássico não agradou nenhuma das equipes e o contestado Jair Ventura segue balançando no cargo, apesar da boa vitória diante do Ceará na última rodada. Quem também começa a ficar desconfortável é Osmar Loss, que tem apenas uma vitória em cinco jogos no comando do atual campeão brasileiro.