Tamanho do texto

Técnico falou sobre a proposto da Arábia logo após a vitória do Corinthians por 7 a 2 contra o Deportivo Lara, da Venezuela, pela Taça Libertadores

O principal assunto na coletiva de Fábio Carille logo após o Corinthians derrotar o Deportivo Lara, na Venezuela, pela Libertadores, não foi sobre a goleada de 7 a 2, mas sim a proposta do Al-Hilal, da Arábia , que pode interromper a história do treinador no atual campeão brasileiro.

Leia também: Corinthians goleia o Deportivo Lara e avança na Copa Libertadores

Fábio Carille fala sobre proposta da Arábia
Reprodução
Fábio Carille fala sobre proposta da Arábia


"Estou muito tranquilo em relação a isso, não é a primeira que aparece, essa proposta vazou por uma emissora do mundo árabe que fez uma enquete com meu nome e de um outro profissional. Tive uma proposta e não dei andamento há um tempo atrás porque só podia levar um profissional comigo, se eu falar o valor vocês vão me chamar de louco por não ter aceitado", disse Carille .

"Essa (proposta) não chegou nada de oficial, conversei com meu empresário, só especulação. Desde o início estou sendo claro com a diretoria e estou tranquilo no Corinthians", completou.

Leia também: Carille recebe proposta do Al Hilal com salário três vezes maior

Ano passado, o técnico do Timão foi alvo da China, mas disse que "nem por um caminhão de dinheiro" sairia do clube e que só deixaria o Corinthians no dia em que fosse mandado embora. Já em 2018, ao ouvir que o Flamengo poderia parar R$ 1 milhões por mês de salários para ele, brincou e disse que pegaria suas malas e aceitaria a oferta.

Na noite de quinta, o técnico foi lembrado da frase sobre "um caminhão de dinheiro" e brincou. "Um não, mas podem vir dois caminhões (de dinheiro), aí a conversa é diferente. Por um, eu não vou. Por dois, eu posso pensar".

Proposta da Arábia

Fábio Carille recebeu proposta do Al Hilal
Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians
Fábio Carille recebeu proposta do Al Hilal


Leia também: Convocações de Cássio e Fagner podem render quase R$ 3 milhões ao Corinthians

O Al Hilal  ofereceu dois anos de contrato para Carille , com luvas e um salário três vezes maior do que ele recebe no Corinthians. Atualmente, Fábio Carille recebe cerca de R$ 300 mil por mês e irá ganhar R$ 900 mil se aceitar a proposta do Al Hilal.


    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.