Tamanho do texto

Em casa, o Tricolor venceu por 1 a 0 a equipe comandada por Fábio Carrile no primeiro jogo da semifinal do Campeonato Paulista

Nenê comemora gol em cima do Corinthians na vitória do São Paulo por 1 a 0
Reprodução
Nenê comemora gol em cima do Corinthians na vitória do São Paulo por 1 a 0

Reeditando a mesma fase do Paulistão de 2017, o São Paulo recebeu o Corinthians no Morumbi pelo primeiro jogo da semifinal do Campeonato Paulista de 2018. Mas neste ano, em casa, o Tricolor mostrou superioridade e levou a melhor, vencendo os visitantes por 1 a 0.

Leia também: Jogador morre em campo depois de ser atingido por bolada no peito

O São Paulo começou o jogo pressionando e foi justamente quem deu o primeiro susto, com Liziero aos três minutos, que colocou a bola por cima do gol de Cássio. Em seguida, o Corinthians tentou equilibrar a partida e responder com alguns chutes, que não precisaram de muito esforço de Sidão. Em 10 minutos, foram cinco faltas cometidas pelas duas equipes.

Os dois times seguiram tentando chegar perto da primeira marcação, mas sem nenhuma chance clara de gol. Apesar disso, o São Paulo voltou ao comando e ainda apresentou mais perigo ao adversário. Contou com uma cabeçada de Sidcley, que saiu à esquerda de Cássio, e em seguida, outra de Arboleda, que foi defendida pelo goleiro do Timão.

Com muitos cruzamentos, o time da casa manteve pressionando o rival e em 30 minutos de jogo, teve seis finalizações em 15 cruzamentos. Do outro lado, o Corinthians teve apenas um chute a gol e cruzou por quatro vezes. Além disso, a equipe de Fábio Carille errou muitos passes, favorecendo a posse de bola do Tricolor.

Aos 37, Sidcley e Eder Militão se chocam no alto e ambos vão ao chão. Os paramédicos entram no campo para atendê-los e o corintiano, que sangrava muito, ganhou uma toca de natação para retomar o jogo. Aos 47, já nos acréscimos, Tréllez armou o contra-ataque e chutou de canhota. Cássio defendeu, mas Nenê aproveitou o rebote e colocou a bola no fundo do gol , abrindo o placar em 1 a 0 antes de ir para o vestiário. Na comemoração, o meia leva cartão amarelo por assim fazê-la na frente do banco do Corinthians.

Leia também: "Palmeiras não tem Mundial por culpa minha", diz Marcos em entrevista polêmica

Segundo tempo

Na volta do intervalo, o São Paulo deixou um pouco de lado o ataque massivo do primeiro tempo, manteve o time mais fechado e enquanto isso, o Timão tentava buscar espaços para chegar mais próximo do gol. Apesar de se manter mais no campo dos donos da casa, o Corinthians não deu trabalho para Sidão.

Em um segundo tempo mais morno, Sheik era o mais expressivo pelo Timão e sofreu uma falta, que foi cobrada por Lucca, mas muito forte, a bola saiu pela linha de fundo. Do outro lado do campo, um chute de Lucas Fernandes aos 29 minutos bate na mão de Pedro Henrique fora da área, mas o árbitro Raphael Claus não marcou a falta e mandou o jogo seguir.

A chance concreta de gol para o Corinthians veio aos 33, com chute de longe de Mateus Vital, defendida por Sidão, que espalmou a bola para o meio da área. O Corinthians manteve tentando maneiras de chegar próximo ao gol, e teve Sidcley que avançou para o ataque, mas em disputa com Arboleda, a bola bateu na mão do corintiano e o juiz marcou falta a favor do São Paulo. Apesar das buscar por espaços dos visitantes, o time da casa se defendeu bem.

Leia também: Além do preço, veja as diferenças nas três camisas da Seleção Brasileira

Com mais de 42 mil pessoas no Morumbi, o São Paulo vence com um único gol na partida. Vencedor do primeiro jogo, o Tricolor depende apenas de um empate na Arena Corinthians para ir à grande final. Do outro lado, o Timão precisa ganhar o próximo duelo por dois gols de diferença. O jogo de volta da semifinal do Paulistão acontecerá na próxima quarta-feira (28), às 21h45 (horário de Brasília).


    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.