Tamanho do texto

Verdão ignora vantagem obtida na partida de ida, dá show e se consolida como favorito no estadual; adversário será o Santos ou o Bragantino

Com quatro gols no primeiro tempo, Palmeiras goleou o Novorizontino
Divulgação
Com quatro gols no primeiro tempo, Palmeiras goleou o Novorizontino

O Palmeiras se classificou com estilo para a semifinal do Campeonato Paulista . O Verdão derrotou o Novorizontino por 5x0, no Allianz Parque e consolidou sua posição como favorito ao campeonato estadual. Os gols foram marcados por Bruno Henrique, Keno, Willian, Dudu e Papagaio.

Com duas vitórias na fase de quartas de final, o Palmeiras  se isolou ainda mais como melhor campanha do Paulistão. Por isso, o adversário da equipe alviverde será o pior entre os quatro classificados para a semifinal da competição. O Santos, que eliminou o Botafogo nos pênaltis após dois empates , é o adversário mais provável. No entanto, o Bragantino pode enfrentar o Palmeiras caso perca para o Corinthias por um gol de diferença e avance nas penalidades.

O jogo

Apesar da enorme vantagem obtida na partida de ida, o Palmeiras entrou em campo em ritmo acelerado e demorou apenas seis minutos para abrir o placar: Willian recebeu na esquerda da grande área e precisou cruzar duas vezes para encontrar Bruno Henrique na pequena área. O volante bateu firme e não deu chances para o goleiro Oliveira.

A pressão continuou e, aos 18 minutos, Keno avançou em velocidade pelo meio, tabelou bonito com Lucas Lima e apareceu na cara do gol para encobrir Oliveira e marcar um golaço. Nos minutos seguintes, o Palmeiras colocou a bola no chão e diminuiu o ritmo da partida. No entanto, a superiodade técnica se fazia valer e o terceiro gol apareceu da maneira mais natural possível aos 34 minutos da primeira etapa, Marcos Rocha recebeu na grande área pela direita, girou em cima da marcação e cruzou para Willian, que pegou de primeira e afundou as redes do Novorizontino.

A primeira etapa brilhante do Palmeiras ainda teve gol no último minuto: Dudu tentou tabela com Keno pela esquerda e acabou ficando com a bola dentro da pequena área. Com tranquilidade, ele limpou a marcação e bateu com força para fazer o quarto gol da equipe da casa.

Leia também: Neymar já escolheu um treinador substituto para Unai Emery no PSG

Com a vitória e a classificação mais do que asseguradas, Roger Machado voltou para a segunda etapa com Edu Dracena e Tchê Tchê nas vagas de Thiago Martins e Marcos Rocha. Em campo, o time demonstrava tranquilidade e não mostrava o mesmo ímpeto ofensivo do primeiro tempo. Aos 18 minutos, Jonatan Lima acertou Keno ao tentar afastar a bola e foi expulso de campo. Logo depois, Roger Machado promoveu a entrada do jovem Papagaio na vaga de Willian. Após belíssima apresentação, o camisa 29 saio de campo ovacionado pela torcida.

Endiabrado, Keno queria mais e, aos 28 minutos, recebeu na direita da grande área, pedalou para cima da marcação e acabou sendo derrubado. O juiz assinalou o pênalti. Felipe Melo foi para a cobrança, mas acabou batendo muito mal e mandou a bola por cima do gol.

O quinto gol palmeirense finalmente saiu aos 34 minutos. Keno, marcado por dois na ponta esquerda, deu belíssimo passe de calcanhar para Lucas Lima. O meia cruzou com precisão na cabeça de Papagaio, que testou firme no canto esquerdo para fazer seu primeiro gol como jogador profissional.

Após o quinto gol, o Palmeiras resolveu se preservar e passou a se posicionar atrás da linha da bola e a valorizar mais a posse com passes curtos. Com isso, o time da casa gastou o relógio até o apito final para celebrar a classificação e uma de suas melhores apresentações na temporada

    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.