Tamanho do texto

Equipe de Bragança Paulista surpreendeu o atual campeão Brasileiro e venceu no Pacaembu, com a maioria da torcida do time da capital

O Bragantino surpreendeu e venceu o Corinthians na partida de ida das quartas de final do Paulistão, neste domingo, no estádio Paulo Machado de Carvalho, o Pacaembu, por 3 a 2. Agora, a equipe de Bragança Paulista jogará por um empate na partida de volta para se classificar à semifinal do principal estadual do país.

Leia também: Messi deixa o dele, Barcelona vence Athletic Bilbao e segue invicto no Espanhol

Bragantino e Corinthians fizeram uma das quartas de final do Paulistão 2018
Reprodução
Bragantino e Corinthians fizeram uma das quartas de final do Paulistão 2018

Apesar do mando ser do Bragantino, o duelo aconteceu na capital paulista e com a maioria da torcida corintiana, o que pareceu não assustar o time interiorano, que marcou seus gols com Matheus Peixoto, aos 47 do primeiro tempo, Vitinho, aos 25 do segundo, e Ítalo, aos 31, dando um bom passo rumo à semifinal do Paulistão . Os gols do Corinthians foram de Balbuena, aos 20 minutos da etapa final, e Pedrinho, aos 42.

O jogo

A primeira boa oportunidade da partida foi aos seis minutos, quando Emerson Sheik recebeu passe de Maycon e bateu de primeira para boa defesa do goleiro Alex Alves. Aos nove, Clayson cruzou da direita e dessa vez Sheik não conseguiu chutar. Aos 12, a primeira chegada do Bragantino, mas Cássio interceptou cruzamento de Léo Jaime.

Um minuto depois, Léo Jaime recebeu por trás da zaga e chutou, mas sem direção. Aos 38, Danilo Bueno cruzou e Matheus Peixoto tentou a cabeçada, Cássio, porém, apareceu antes e evitou. No minuto seguinte, Maycon recebeu passe e deu um bico na bola, que pegou efeito e explodiu no travessão.

Aos 46, Maycon recebeu na entrada da área e chutou de primeira, mas Alex Alves defendeu. Um minuto depois, Vitinho cruzou bola na área, Mattis cabeceou e encontrou Matheus Peixoto, que completou para o fundo das redes. A jogada parecia duvidosa, mas Clayson, que marcava Vitinho, dava posição. Em resumo: o Corinthians, apesar de superior na primeira etapa, foi lento e quase não assustou, sendo castigado pelo gol da equipe de Bragança no final.

Para os 45 minutos finais, o Corinthians voltou com Pedrinho no lugar de Clayson. A primeira boa chance, no entanto, foi do Bragantino, aos sete. Diego Macedo cruzou e a bola seria para Matheus Peixoto, só que Balbuena apareceu antes para tirar. Aos 12 minutos, Diego Macedo recebeu bom passe na área e bateu direto no gol, Cássio, que caia para interceptar um possível cruzamento, conseguiu tirar com o braço esquerdo.

Leia também: Após vitória do Valencia, Neto foca na seleção: "Me dedicando para ir à Copa"

Dois minutos depois, Guilherme Mattis chutou de muito longe, fraco, mas Cássio, foi nela e acabou espalmando para fora. Os primeiros 15 minutos mostraram um Corinthians pior do que no primeiro tempo, sem conseguir chegar e sem ameaçar. Mas aos 20 minutos, a bola foi alçada na área e Balbuena aproveitou a sobra para cabecear e empatar o duelo.

No lance, Romero fez falta no goleiro Alex Alves ao não permitir a movimentação do arqueiro, mas o árbitro nada marcou. O placar igual durou apenas cinco minutos no Pacaembu. Aos 25, Ítalo fez boa jogada na lateral, passou por dois jogadores corintianos e chutou. Cássio defendeu, mas deu rebote para dentro da área onde estava Vitinho, que chutou e marcou o segundo do Bragantino.

E o time de Bragança Paulista não parou por aí. Aos 31 minutos, a bola foi novamente alçada na área, Cássio conseguiu defender na primeira, mas outra vez no rebote Ítalo apareceu primeiro do que a zaga e encheu o pé para estufar as redes e fazer o terceiro do Bragantino. Aos 42 minutos, quando a vitória de Bragança estava praticamente garantida, Pedrinho arriscou de fora da área e acertou um belo chute para diminuir. Golaço no Pacaembu. 

Pedrinho entrou na segunda etapa e marcou o segundo gol corintiano na derrota para o Bragantino
Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians
Pedrinho entrou na segunda etapa e marcou o segundo gol corintiano na derrota para o Bragantino

O time do Parque São Jorge ainda tentou pressionar com o apoio dos mais de 14 mil torcedores presentes, mas não conseguiu empatar. Fim de jogo com vitória do Bragantino e vantagem para o duelo decisivo.

Ficha técnica

Bragantino 3 x 2 Corinthians

Data: 18 de março de 2018, domingo, 16h (de Brasília)

Local: Estádio Paulo Machado de Carvalho, o Pacaembu, em São Paulo

Público e renda: 14.153 pagantes (15.525 total); R$ 607.694,00

Árbitro: Leandro Bizzio Marinho

Auxiliares: Anderson José de Moraes Coelho e Vitor Carmona Metestaine

Cartões amarelos: Vitinho (23'/1ºT), Lázaro (27'/2ºT), Ítalo (31'/2ºT), Gerley (47'/2ºT)

Gols: Matheus Peixoto, aos 47'/1ºT (1-0); Balbuena, aos 20'/2ºT (1-1), Vitinho, aos 25'/2ºT (2-1), Ítalo, aos 31'/2ºT (3-1), Pedrinho, aos 42'/2ºT (3-2)

Bragantino: Alex Alves, Diego Macedo (Robertinho, aos 40'/2ºT), Lázaro, Guilherme Mattis e Fabiano; Adenilson, William Schuster, Vitinho (Gerley, aos 34'/2ºT), Léo Jaime (Ítalo,
aos 1'/2ºT) e Danilo Bueno; Matheus Peixoto.

Técnico: Marcelo Veiga.

Corinthians: Cássio, Fágner (Mantuan, aos 23'/2ºT), Henrique, Balbuena e Sidcley; Gabriel, Maycon, Rodriguinho e Clayson (Pedrinho, no intervalo); Romero (Mateus Vital, aos
32'/2ºT) e Emerson Sheik

Técnico: Fábio Carille.

Leia também: Diego Tardelli comanda vitória do Shandong Luneng e assume artilharia do Chinês

A partida de volta e decisiva entre Corinthians e Bragantino que definirá um dos semifinalistas do Paulistão 2018 será na próxima quinta-feira, dia 22, às 20h, na Arena Corinthians.

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.