Tamanho do texto

Com dois gols de Sasha e um de Rodrygo, Santos se recupera no torneio. Gabigol levou dois cartões ainda no 1º tempo e deixou time com um a menos

O Santos aproveitou a força da sua torcida no Pacaembu, venceu o Nacional , do Uruguai, por 3 a 1 e se recuperou da derrota na estreia da Libertadores . O clube da baixada foi melhor durante todos os 90 minutos, mesmo com um a menos desde o primeiro tempo e desperdiçando um pênalti.

Leia também: Real Madrid quer Neymar mas possui cinco nomes como plano B; veja quem são

Eduardo Sasha comemora gol pelo Santos
Ivan Storti/Santos FC
Eduardo Sasha comemora gol pelo Santos

Os gols do Santos foram marcados por Eduardo Sasha, contando com um frango do goleiro e depois de belo passe de Alisson, e Rodrygo, após jogada individual em contra-ataque no início do segundo tempo. O gol do time uruguaio foi feito pelo volante Oliva. Com a vitória, o clube paulista soma três pontos na competição e está na segunda colocação do grupo, empatado em pontos com o Real Garcilaso. O estudiante, da Argentina, é o líder com 4.

O Jogo

O jogo começou pegado. Foram seis cartões amarelos nos primeiros 19 minutos, três para cada lado. Um destes foi para Gabigol, após discussão com o volante Oliva. aos 20, saiu o gol do Santos após uma jogada característica do time de Jair Ventura. Mesmo com 1,73 cm de altura, Eduardo Saha conseguiu completar cruzamento de Jean Mota, mas o atacante contou com um frango do goleiro Conde para abrir o placar.

Durante boa parte do primeiro tempo o Santos foi melhor e pressionou o adversário, mas o Nacional cresceu nos minutos finais e ficou com boa parte da posse de bola. Em um desses momentos, quando tinha a posse de bola em seu campo defensifo, Gabigol chegou atrasado e fez falta boba em Polenta. O atacante recebeu o segundo cartão amarelo e saiu de campo ao som de "burro".

Leia também: Justiça da Espanha pede oito anos de prisão a Xabi Alonso por fraude fiscal

Na volta do intervalo, não deu nem para ver a postura dois dois times que o Santos já ampliou o placar. Dodô, que tinha acabado de entrar, deu lindo passe para Rodrygo, que limpou dois marcadores e e chutou na saída do goleiro. Belo gol do "Raio da Vila".

Jogando bem melhor e controlando a partida, o time alvinegro ainda teve uma grande oportunidade aos 27 minutos. Daniel Guedes toca com Arthur Gomes, que invade a área, é derrubado e o juiz marca pênalti. No entanto, ele mesmo foi para cobrança, mas Conde acertou o canto e fez a defesa.

A vantagem de apenas dois gols poderia ter se transformado em pesadelo a partir dos 10 minutos finais. Aos 35, Viúdez manda a bola para a área, David Braz faz corte parcial, mas Oliva marca no rebote. No entanto, não deu nem para o Nacional esboçar uma reação. Praticamente na saída de bola,  Alison encontra Sasha, que finaliza bem para fazer o seu segundo gol na partida e sacramentar a vitória do Peixe.

Leia também: Justiça divulga vídeo de agressão de jogador à sua namorada; imagens fortes

O Santos volta a jogar na Libertadores no dia cinco de abril contra o Estudiantes, na Argentina. Se vencer, o clube pode até assumir a liderança do grupo F e ficar em uma boa posição para se classificar para o mata-mata.

    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.