Tamanho do texto

Bruno Henrique, duas vezes e Borja fazem os gols da vitória do Verdão sobre o time colombiano; Roger Machado acerta nas mudanças na equipe

O Palmeiras estreou com vitória na Copa Libertadores 2018. O Verdão foi à Colômbia e derrotou o Junior Barranquilla por 3x0 na noite desta quinta-feira (1). Bruno Henrique, duas vezes e Borja fizeram os gols da equipe comandada por Roger Machado. A expulsão de Germán Gutiérrez logo aos nove minutos de partida facilitou a vida do time brasileiro.

Bruno Henrique e Borja marcaram os gols da vitória do Palmeiras
Divulgação
Bruno Henrique e Borja marcaram os gols da vitória do Palmeiras

Com isso, o Palmeiras assumiu a liderança do Grupo 8 da competição com três pontos. No outro jogo do grupo, Alinza Lima e Boca Juniors empataram por 0x0 e ficam com um ponto cada. O Junior Barranquilla fica na lanterna, sem nenhum ponto conquistado.

Leia também: Santos é derrotado pelo Real Garcilaso na estreia da Libertadores

Após derrota no clássico contra o Corinthians no último sábado (24), o técnico Roger Machado promoveu duas mudanças no time titular: Victor Luis ficou com a vaga de Michel Bastos e Bruno Henrique rendeu Tchê Tchê.  A fantástica exibição do camisa 19, que fez dois gols e causou a expulsão Gutiérrez, somada a boa performance defensiva de Victor Luis se mostraram o grande trunfo do treinador na vitória diante da equipe colombiana.

O jogo

Nos primeiros minutos de jogo, o Junior Barranquilla ficava mais com a bola e pressionava bastante o time brasileiro. Acuado, o Palmeiras não conseguia sair do campo de defesa e sofria com o ritmo imposto pela equipe da casa. Logo aos seis minutos, Jonatan Alvez recebeu sozinho dentro da área e tentou tirar de Jaílson, mas o goleiro palmeirense fez grande defesa e evitou o gol adversário.

Aos nove, no entanto, a partida sofreu uma mudança drástica após a expulsão de Germán Gutiérrez, do Junior. O lateral acertou o peito de Bruno Henrique com um chute e recebeu o cartão vermelho direto. Com um homem a mais, o time brasileiro passou a ficar mais com a posse da bola e optou por diminuir o ritmo da partida, passando a controlar as ações ofensivas do jogo.

Com o jogo nas mãos, o Palmeiras trocava passes com tranquilidade e esperava uma brecha na defesa adversária. Aos 19 minutos,o Felipe Melo encontrou essa brecha e deu um belíssimo lançamento para Dudu, que dominou a bola sozinho na ponta direita. Ele avançou e encontrou Bruno Henrique, que infiltrou na grande área e bateu com força para vencer o goleiro Vieira e abrir o placar.

Leia também: Manchester City decide rapidamente e volta a vencer o Arsenal

Com um jogador e menos e perdendo dentro de seus domínios, o Junior resolveu mudar a estratégia: aos 33, o treinador Alexis Mendoza tirou o meia Mier e recompôs a defesa com a entrada de Jorge Arias. A alteração melhorou o time colombiano que, mais equilibrado, conseguiu assustar em cabeçada de Alvez e em boa infiltração de Téo Gutiérrez, que acabou desarmado por Victor Luis. 

Com o resultado na mão, o Palmeiras cometeu alguns erros na defesa e não teve grandes chances de aumentar o placar, mas terminou o primeiro tempo com a vantagem.

Na segunda etapa, o Verdão voltou a campo com uma postura diferente, tentando matar o jogo desde os primeiros minutos. A pressão demorou apenas seis minutos para dar resultado: Lucas Lima recebeu dentro da área e bateu fraco, a bola espirrou e sobrou e se ofereceu para Borja, que pegou de primeira e acertou o ângulo de Vieira para fazer um golaço.

Após o segundo gol, a dinâmica se repetiu, com o Palmeiras diminuindo o ritmo e segurando a bola no campo de ataque. No entanto, o Junior não tinha o mesmo fôlego e nem o mesmo ânimo para buscar um empate cada vez mais improvável.

Aos 23 minutos, Guerra entrou na vaga de Lucas Lima e, três minutos depois, encontrou Bruno Henrique dentro da área. O volante bateu forte no canto e fez o seu segundo gol na partida, aumentando ainda mais a vantagem da equipe brasileira. 

Com a vantagem mais do que garantida, o Palmeiras seguiu controlando a partida. Thiago Santos entrou no lugar de Bruno Henrique e Gustavo Scarpa entrou na vaga de Borja. Aos 40 minutos de jogo, Marcos Rocha se enroscou com Alvez dentro da área e juiz marcou pênalti. O próprio Alvez foi para a cobrança e isolou a bola, completando a festa palmeirense em Barrinquilla.

Na próxima rodada, o Palmeiras recebe o Alianza Lima em sua Arena, enquanto o Junior Barranquilla vai à Argentina enfrentar o Boca Juniors.

    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.