Tamanho do texto

Timão faz bom segundo tempo, mas não mexe no placar diante do time colombiano; próximo jogo é diante do Deportivo Lara, em Itaquera

Corinthians e Millonarios não mexeram no placar no El Campín
Divulgação
Corinthians e Millonarios não mexeram no placar no El Campín

Campeão brasileiro em 2017, o  Corinthians estreou com empaate na Copa Libertadores . O Timão  ficou no 0x0 diante do Millonarios, da Colômbia, no estádio El Campín, em Bogotá, na noite desta quarta-feira (28).

Leia também: CBF ganha braço de ferro e PSG confirma cirurgia de Neymar

Com o resultado, o Corinthians conquistou seu primeiro ponto no Grupo 7 da competição continental. Nesta quinta-feira (1), o Deportivo Lara, da Venezuela, recebe o Independiente, da Argentina, para completar a rodada do grupo.

O jogo

Jogando com a mesma formação que derrotou o Palmeiras no clássico do último sábado (24), o Corinthians parecia ter uma proposta de jogo diferente diante da equipe colombiana. Com menos posse de bola e mais recuado, o time comandado por Fábio Carille esperava o Millonarios no campo de defesa e procurava uma chance de contra atacar em velocidade.

Quando tinha a bola no pé, o Timão se demonstrava menos paciente e tentava ganhar o fundo com Romero e Clayson para conseguir cruzamentos para a área. Na armação, o clube brasileiro sentia muito a falta de Rodriguinho, grande destaque do derby e suspenso na competição continental após uma expulsão na Copa Sul-Americana do ano passado. No lugar do camisa 26, o jovem Matheus Vital, contratado no início desta temporada, pouco se apresentava para o jogo.

Veloz, a equipe colombiana apostava em jogadas pelas laterais e em cruzamentos para a área, mas esbarrava numa boa apresentação do miolo de zaga corintiano, que afastava o perigo do gol de Cássio com frequência. Na defesa, o time de Bogotá era esperto e matava os contra ataques do time brasileiros com faltas ainda no campo de ataque. 

Leia também: Fernandão é suspenso na Turquia após comemoração em referência ao Bahia

A melhor chance do Timão na primeira etapa veio com Romero que, aos 30 minutos, recebeu boa bola de Rene Júnior e bateu de esquerda para defesa firme de Fariñez. Já o Millonarios chegou com perigo no último lance do primeiro tempo, em cabeçada perigosa de Del Valle.

Logo no início da segunda etapa, os colombianos tiveram outra grande chance, quando Huérfano recebeu livre de marcação na esquina da pequena área e bateu por cima do gol do Cássio. Aos 17, foi a chance do Corinthians assustar após Henrique pegar sobra depois de escanteio e carimbar o travessão adversário.

Com um adversário mais cansado, o Corinthians começou a ficar mais com a bola e a dominar as ações do jogo. Carille promoveu as entradas de Júnior Dutra e Emerson Sheik nas vagas de Clayson e Matheus Vital. Aos 28, Jadson tabelou com Sheik, cortou a marcação e bateu forte de fora da área, mas a bola passou à esquerda do gol de Fariñez.

O jogo seguia em ritmo mais calmo e, aos 40 minutos, Carille colocou Lucca na vaga de Romero. Nos minutos finais, os colombianos tentaram surpreender, mas a boa defesa corintiana impediu que os cruzamentos chegassem nos atacantes do Millonarios.

Na próxima rodada da Libertadores, o Corinthians recebe o Deportivo Lara, da Venezuela, enquanto o Millonarios vai à Argentina enfrentar o Independiente.

    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.