Tamanho do texto

Barcelona jogou no mesmo horário, também venceu, mas precisava de uma derrota do time de Madri para conquistar o título nacional. Não deu

O líder Real Madrid e segundo colocado Barcelona chegaram à última rodada do Campeonato Espanhol com chance de título. E mesmo jogando fora de casa, o time da capital não deu sopa para o azar, derrotou o Málaga por 2 a 0 e voltou a ser campeão nacional após cinco temporadas de jejum.

Veja como ficou a classificação final do Campeonato Espanhol 2016/2017

Para garantir a conquista, o Barça precisava torcer por uma derrota do Real Madrid e ainda tinha que vencer o Eibar, no Camp Nou. A lição de casa o time catalão fez: triunfo suado por 4 a 2, de virada, depois de estar em desvantagem de dois gols no placar. Faltou só combinar com o Málaga.

Cristiano Ronaldo marcou e o Real Madrid conquistou o título do Campeonato Espanhol
Real Madrid/Facebook/Reprodução
Cristiano Ronaldo marcou e o Real Madrid conquistou o título do Campeonato Espanhol

No final das contas, o Real terminou a vitoriosa temporada com 93 pontos, três a mais que o Barcelona, que somou 90.

Sem muitos sustos

Com menos de dois minutos de partida, Cristiano Ronaldo recebeu lançamento de Isco, driblou o goleiro Kameni e colocou o Real em vantagem sobre o Málaga. No segundo tempo, aos 10 minutos, Sergio Ramos cabeceou firme após batida de escanteio de Kroos, o arqueiro rival fez uma linda defesa, mas a bola sobrou nos pés de Benzema, que só teve o trabalho de tocar para o fundo das redes, decretando o marcador.

Virada no sufoco

No Camp Nou, o Eibar saiu na frente com o japonês Inui, logo aos sete minutos. Pressionando bastante em busca do empate, o Barça perdeu excelentes oportunidades com Suarez, sendo que em uma delas o goleiro Yoel Rodriguez conseguiu fazer boa intervenção. Os visitantes marcaram o segundo na etapa final, de novo com Inui.

Messi marcou dois contra o Eibar
Twitter/Reprodução
Messi marcou dois contra o Eibar

Leia também: Juventus é hexacampeã italiana e fica a um passo da inédita tríplice coroa

Na base do desespero, os anfitriões conseguiram diminuir com Junca, que fez gol-contra aos 18 minutos, em rebote na trave de Neymar. Na sequência, Messi perdeu uma penalidade, defendida pelo arqueiro, mas Suarez mostrou oportunismo em bola levantada na área e deixou tudo igual. Em outro pênalti marcado pela arbitragem aos 30 minutos, Messi bateu forte e dessa vez Yoel Rodriguez não conseguiu salvar.

Nos acréscimos, Messi arrancou da intermediária, driblou cinco marcadores e anotou um belo gol, decretando o triunfo.

Leia também: Documentos indicam que Cristiano Ronaldo estuprou uma jovem em Las Vegas

Ambos ainda jogam na temporada

Apesar de perder o Espanhol, o Barcelona terá a chance de ser campeão no próximo sábado, quando enfrenta o Alavés na grande final da Copa do Rei. O Real Madrid, por sua vez, descansa até o dia 3 de junho, data da decisão da Liga dos Campeões diante da Juventus - o duelo será em Cardiff, no País de Gales.

    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.