Tamanho do texto

Lateral direito havia sido suspenso por uma partida após acertar Cueva com uma joelhada, mas o TJD acatou o pedido de efeito suspensivo e o liberou

Após ser suspenso por um jogo pelo Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo (TJD-SP) e correr o risco de ficar fora da decisão do Campeonato Paulista contra a Ponte Preta, neste domingo, às 16h, na Arena Corinthians, o lateral direito Fagner foi liberado pelo próprio TJD, que acatou o pedido de efeito suspensivo feito pelo jurídico do clube do Parque São Jorge, e poderá entrar em campo.

Leia também: Árbitro de vídeo será usado pela primeira vez no futebol brasileiro, revela CBF

Fagner havia recebido suspensão de um jogo por confusão com Cueva, meio-campista do São Paulo, durante o segundo jogo das semifinais do Paulista. Na ocasião, o defensor acertou uma joelhada no adversário, que também provocou durante a partida. Mesmo sem o trio ter visto o lance, o Tribunal usou imagens de tv para aplicar a punição, enquanto o são-paulino recebeu somente uma advertência.

Fagner durante treino do Corinthians; ele está liberado para jogar a decisão contra a Ponte
Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians
Fagner durante treino do Corinthians; ele está liberado para jogar a decisão contra a Ponte

O defensor foi denunciado no artigo 250 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, que diz respeito a praticar ato desleal ou hostil. Na ocasião, o advogado do clube, João Zanforlin lamentou o uso de imagens de vídeo para julgar o atleta e relembrou um lance da Copa do Mundo de 2014 para se defender.

"Causa tristeza que ainda se use o videotape para denunciar atletas de futebol. Tivemos um exemplo em 2014 que deveria liquidar de todas as maneiras esse negócio de apitar jogo pelo tribunal. É o caso Neymar. Mais de 500 advogados foram contratados pela CBF para que o jogador da Colômbia fosse denunciado, e a Fifa não aceitou", afirmou.

Leia também: Acusado de sequestro, jogador é preso durante partida do Campeonato Gaúcho

Com Fagner à disposição, o técnico Fábio Carille não contará apenas com o volante Gabriel e o meia Rodriguinho, que receberam o terceiro cartão amarelo na primeira partida e cumprirão suspensão automática. O lateral, por sua vez, deve cumprir a suspensão na próxima edição do estadual.

Primeiro jogo

Na primeira partida, o time do Parque São Jorge venceu por 3 a 0 e agora poderá perder até por dois gols que ficará com o título (o 28º de sua história). Qualquer derrota por três gols leva a decisão para os pênaltis.

Leia também: Conmebol e Uefa estudam a volta da Copa Intercontinental

Neste domingo, com a Arena Corinthians lotada, Carille deve mandar a campo a seguinte escalação: Cássio, Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Paulo Roberto; Jadson, Camacho, Maycon e Romero; Jô.

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.