Tamanho do texto

Clube alviverde confirmou o ex-treinador da Ponte Preta por um ano. Além do filho de Nelsinho Baptista, o auxiliar Pedro Gama também foi contratado

Eduardo Baptista, novo treinador do Palmeiras
Reprodução
Eduardo Baptista, novo treinador do Palmeiras

Após a saída de Cuca, campeão brasileiro, o Palmeiras confirmou a contratação de Eduardo Baptista para a temporada 2017. O acerto foi oficializado nesta sexta-feira (16) e o treinador terá pela frente o difícil trabalho de dar continuidade ao trabalho do ex-comandante, que saiu por questões pessoas do Alviverde. 

LEIA MAIS: Messi recebe proposta para ganhar cerca de R$ 1 milhão por dia na China

“Estou muito feliz de chegar a um clube do tamanho e da grandeza do Palmeiras. É um time que está vivendo um grande momento, é o atual campeão brasileiro. Além disso, vou substituir um treinador que fez um trabalho brilhante. A expectativa é trabalhar muito para dar continuidade a tudo isso que foi feito, a essa busca por títulos”, disse Eduardo Baptista ao site oficial do clube.

Baptista ainda elogicou o elenco do time paulista e projetou o ano de 2017, quando a equipe irá buscar o bicampeonato da Copa Libertadores da América.

LEIA MAIS: Lucas Moura entra para seleta lista de maiores artilheiros do PSG

“O elenco do Palmeiras é de altíssimo nível técnico e extremamente aguerrido. A temporada de 2017 será um ano importante, de Libertadores. A expectativa é de que tudo possa correr bem e que a gente possa alcançar todos os objetivos que já estamos trançando”, continuou e destacou a importância da Academia e também da torcida, que lotou o Allianz Parque em praticamente todos os jogos de 2016.

“O Palmeiras tem uma excepcional estrutura física tanto em relação ao Centro de Excelência que está sendo finalizado quanto ao Allianz Parque, que traz uma energia incrível ao time dentro de campo. Mas, para mim, o grande trunfo é a sua torcida. Não vejo a hora de tê-la ao meu favor”, finalizou.

Além de Eduardo, o auxiliar Pedro Gama, que trabalha com ele desde o início da carreira, também foi contratado.

Carreira

A carreira do filho de Nelsinho Baptista, que também já comandou o Palmeiras entre 1991 e 1992, começou como preparador físico em 2002 e assim permaneceu até 2014, juntamente com seu pai. Ele passou por times como Goiás, Flamengo, São Caetano, Nagoya Grampus (JAP), Santos, Ponte Preta, Corinthians, Sporta e Kashiwa Reysol (JAP).

LEIA MAIS: PSG tem sete dos 10 jogadores mais bem pagos do campeonato francês

No início de 2014, depois de comandar a equipe interinamente, foi efetivado como técnico do Sport. Foi campeão da copa do Nordeste e do Campeonato Pernambucano. No final de 2015, Eduardo Baptista foi para o Fluminense e lá ficou até o início de 2016. Depois, assumiu a Ponte Preta e na equipe de Campinas fez um bom Campeonato Brasileiro (terminou na oitava colocação, com 53 pontos).



    Leia tudo sobre: futebol