Tamanho do texto

Aposentado desde o fim do ano passado, ex-goleiro foi anunciado pelo Twitter oficial do São Paulo, onde é ídolo

Rogério Ceni é o novo técnico do São Paulo
Site oficial
Rogério Ceni é o novo técnico do São Paulo

O ex-goleiro Rogério Ceni é o mais novo técnico do São Paulo. Um ano após se aposentar oficialmente dos gramados, ele volta ao clube do coração e onde é ídolo para comandar o time à beira do gramado.

E mais: Rogério Ceni posta foto no metrô, é criticado e dá resposta a internauta

Em vídeo divulgado no Twitter oficial do clube, o mascote Santo Paulo coloca uma etiqueta com o número 01 na cadeira de treinador do estádio do Morumbi. Este era o número da camisa de Rogério Ceni no São Paulo. Além disso, a trilha sonora do vídeo é a música "Hells Bells", da banda australiana de rock AC/DC, a preferida de Ceni na entrada dos jogos em casa.

Confira o vídeo da confirmação:

Depois, veio a oficialização em outro tweet e no site oficial, com declarações do próprio novo treinador: "O grande segredo do futebol é administrar pessoas e se relacionar bem com seus jogadores. São eles que podem fazer diferença. Eu quero que eles vejam futebol da maneira como eu via quando jogava, eu quero um time vencedor e que tenha uma mentalidade vencedora. Eu tenho certeza de que eles vão entender isso, já conheço muitos deles e sei da mentalidade vencedora que eles têm", comentou Ceni.


Natural da cidade de Pato Branco, no Paraná, Rogério Ceni está com 43 anos de idade e nunca escondeu que gostaria de treinar o seu clube do coração depois de se aposentar. Revelado no Sinop, do Mato Grosso, ele chegou ao São Paulo ainda muito jovem, em 1990, ficando seis anos na reserva do titular Zetti e assumindo a meta tricolor de vez em 1996.

E mais: Ceni fará estágio com Juan Carlos Osório e Pep Guardiola

Foram mais de 1.200 jogos com a camisa tricolor e impressionantes 132 gols anotados - contando o tento de pênalti no seu jogo de despedida, em dezembro de 2015, onde dois times de épocas diferentes do São Paulo se enfrentaram.

Confira fotos do jogo de despedida de Rogério:


Conquistas

Ceni já estava no elenco profissional durante o título mundial de 1993 e ajudou a reconduzir a equipe ao topo, com as conquistas do Mundial de Clubes da Fifa e a Copa Libertadores de 2005, além de ser protagonista e capitão do tricampeonato brasileiro seguido, em 2006, 2007 e 2008.

Confira:  São Paulo sofre em faltas e pênaltis e sente a ausência de Rogério Ceni

Pela seleção brasileira, apesar de nunca ter se firmado como titular, Rogério Ceni participou da campanha do pentacampeonato na Copa do Mundo de 2002 e também no Mundial de 2006, tendo atuado em uma partida. Depois de se aposentar, ele trabalhou como auxiliar técnico do time nacional dutante a Copa América Centenario, em 2016, além de fazer estágios com grandes treinadores do futebol europeu. 

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas