Tamanho do texto

Jogo em Campinas foi alterado de sábado para domingo de última hora a pedido da Polícia Militar. Dentro de campo, triunfo santista por 2 a 1

O Santos enfrentaria  Ponte Preta no sábado, às 21h, mas, na véspera da partida, a CBF mudou a data e o horário do duelo para domingo, 11h, deixando a diretoria do clube da Vila Belmiro revoltada. Por conta disso, o time entrou em campo no Moisés Lucarelli com uma mensagem de protesto nas costas da sua camisa: "Faltou respeito". Mesmo assim, venceu por 2 a 1.

LANCE A LANCE:  Santos bate a Ponte Preta de virada em Campinas e ainda sonha com título

A Polícia Militar de Campinas pediu a alteração da data da partida do Santos porque no sábado, também no período da noite, os torcedores do Guarani se reuniram no estádio Brinco de Ouro da Princesa para acompanhar a final da Série C em um telão, sendo que bugrinos e pontepretanos poderiam se enfrentar pelas ruas da cidade.

Santos protesta contra a CBF:
Twitter/Reprodução
Santos protesta contra a CBF: "Faltou respeito"

O atual segundo colocado disse que não vai tomar nenhuma medida mais rigorosa para exigir o cumprimento da tabela e do estatuto do torcedor. Modesto Roma Júnior, presidente do clube, chegou a ameaçar não mandar seu time para o jogo, mas desistiu para "não impingir ainda mais turbulência ao principal campeonato de futebol do País", segundo o próprio dirigente.

Tabela:  Veja como está a classificação atualizada do Campeonato Brasileiro

Dentro de campo

Santos venceu a Ponte em Campinas
Flickr oficial do Santos
Santos venceu a Ponte em Campinas

Polêmicas à parte, o Santos venceu a Ponte Preta por 2 a 1 em Campinas, de virada, ficando ainda mais perto do líder Palmeiras e mantendo vivo o sonho do título do Brasileirão. O atacante William Pottker abriu o placar para o time do interior paulista no primeiro tempo, batendo pênalti, e Ricardo Oliveira anotou o tento da igualdade na etapa final, aproveitando rebote do goleiro Aranha. Nos minutos finais, o colombiano Copete deixou sua marca e garantiu os três pontos ao alvinegro praiano.

E mais:  Ministério Público fala em "fato grave" e ordena vistoria na Arena Corinthians

Vale lembrar que o Santos jogou sem Lucas Lima, seu principal articulador, que ficou de fora por conta de suspensão por cartões amarelos. Na próxima partida, o time de Dorival Júnior encara o Vitória, em casa, podendo se aproximar ainda mais da primeira colocação.

    Leia tudo sobre: Futebol

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.