Tamanho do texto

"Agradeço e fico feliz por ver meu nome especulado para ser o técnico da equipe, mas penso que isso é mais pelo meu passado do que pelo presente"

Após a demissão do holandês Frank de Boer, a Inter de Milão segue na busca por um novo técnico para sequência da temporada 2016/2017. O ex-jogador brasileiro Leonardo, que deu o último título do clube italiano no ano de 2011, foi um dos especulados nos corredores do Estádio Giuseppe Meazza, mas ele rechaçou qualquer possibilidade de que possa assumir o time neste momento.

E mais:  Inter de Milão demite técnico holandês e tenta amenizar a crise

"Agradeço e fico feliz por ver meu nome especulado para ser o técnico da Inter de Milão , mas penso que isso é mais pelo meu passado do que pelo presente. Eu não sou o perfil ideal para comandar o time, que neste momento está se organizando", disse o brasileiro à emissora de TV italiana "Sky Sports".

Leonardo se disse feliz com a especulação, mas não vai assumir a Inter de Milão
Divulgação/Site oficial da Fifa
Leonardo se disse feliz com a especulação, mas não vai assumir a Inter de Milão

Com a negativa de Leonardo, um dos nomes mais cotados para assumir a equipe é o de Stefano Pioli, ex-treinador da Lazio, clube da capital do país. Preferido pelos dirigentes italianos, no entanto, Pioli enfrenta resistência dos chineses da Suning, donos do clube, que preferem um nome mais "internacional", até para expandir a marca do clube em outros mercados.

Veja:  Jogador alemão campeão da Copa 2014 é vítima de chantagem sexual

Neste ponto, o experiente holandês Guus Hiddink aparece na frente e agrada aos chineses. Além do ex-técnico do Chelsea e da própria seleção da Holanda, os nomes de Marcelino Toral, ex-Villarreal, e André Villas Boas, que está sem clube desde quando saiu do Zenit, da Rússia, também são especulados.

Sexo e briga na Vila Olímpica:  dupla dos saltos ornamentais vai se separar

Campanha ruim

Frank de Boer deixou o clube após não conseguir fazer com que os pesados investimentos na temporada se transformassem em bons resultados em campo. A Inter de Milão está na 12ª colocação do Campeonato Italiano, 13 pontos atrás da líder Juventus, e é a última colocada em seu grupo na Liga Europa, atrás do Southampton e dos inexpressivos Hapoel Be'er Sheva, de Israel, e Sparta Praga, da República Tcheca.