Tamanho do texto

"Para ser o melhor tem de respeitar os rivais", afirmou o boliviano Yasmani Duk à imprensa dias após partida contra o Brasil nas Eliminatórias da Copa

O Brasil venceu a Bolívia nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo 2018 por uma goleada de 5 a 0 , e Neymar foi um dos destaques em campo na quinta-feira (6), em Natal. Além de balançar as redes, o atacante foi perseguido em campo pelos rivais e acabou substituído no segundo tempo. Yasmani Duk deu uma cotovelada em Neymar em uma disputa de bola. 

Neymar fica com o rosto sangrando após levar cotovelada
Reprodução/Instagram
Neymar fica com o rosto sangrando após levar cotovelada


O supercílio do brasileiro abriu e ele ficou com o rosto sangrando. Neste sábado (8), Duk conversou com a imprensa e se desculpou pela cotovelada em Neymar. Entretanto, também fez crítica em relação a atitude do camisa 10 do Brasil. As informações são do jornal "Marca". 

Processo contra Neymar é reaberto pela promotoria de Madri

O boliviano disse que o lance foi um incidente. Segundo Duk, ele queria se proteger da jogada e acabou abrindo o braço. "Não me dei conta da cotovelada. Nunca foi mal intencionado e lastimo que tenha acontecido isso", comentou o jogador. 

"Neymar vinha se destacando na partida e minha ideia era apenas cortar uma jogada, como se deve fazer no futebol. Todo mundo sabe que futebol é assim. Já quebraram meu nariz e eu não disse nada", continou Duk. 

Depois, o jogador fez críticas ao comportamento de Neymar, mandando um recado para o brasileiro: "Para ser o melhor do mundo é preciso deixar a soberba e respeitar seus rivais". 

Cicatriz de leve

Em sua conta no Instagram, Neymar postou uma foto que mostra o rosto sangrando depois do lance com Duk. Na legenda, ele comemorou a vitória da seleção brasileira e brincou: "segue o baile que não foi nada, só uma cicatriz de leve". 


Neymar já havia levado mais um cartão amarelo na partida contra a Bolívia e, por isso, está suspenso e não encara a Venezuela, próximo compromisso do time de Tite nas Eliminatórias para a Copa do Mundo 2018, marcado para terça-feira (11). Como está fora, o jogador foi liberado pela CBF logo depois o jogo em Natal e nem viajou com a equipe para o país sul-americano. Ele vinha de sequência longa com o time, já que havia atuado também nas Olimpíadas do Rio de Janeiro. 

Após a cotovelada, Neymar volta para a equipe brasileira para enfrentar a Argentina, no dia 10 de novembro, em Belo Horizonte, no estádio Mineirão. 


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.