Tamanho do texto

Atacante oscilou entre o time titular e o banco de reservas do Shakhtar Donetsk na última temporada e não é de fazer muitos gols na Ucrânia

Taison, jogador do Shakhtar Donetsk e da seleção brasileira
Site oficial
Taison, jogador do Shakhtar Donetsk e da seleção brasileira

O técnico Tite fez sua primeira convocação à frente da seleção brasileira  e, entre as surpresas da lista, está o atacante Taison, de 28 anos de idade, do Shakhtar Donetsk - o atleta nunca havia sido chamado para a equipe nacional, nem mesmo para os times de base, e fará sua estreia. Mas como está Taison no futebol da Ucrânia?

Os números da última temporada são bem modestos. Das 26 partidas que o Shakhtar fez no Campeonato Ucraniano 2015/2016, Taison participou de 18, sendo nove delas como titular e outras nove saindo do banco de reservas. No total, foram apenas seis gols anotados.

Já última edição da Liga dos Campeões, o atleta foi mais participativo e entrou em campo nove vezes (foram 10 jogos do time, contando fases preliminares e fase de grupos), sendo sete delas como titular. No entanto, nenhum gol marcado.

E mais:  Tite revela detalhes da conversa com Neymar sobre posto de capitão

Taison foi revelado no Inter e trabalhou com Tite no clube colorado
INTERNACIONAL/ DIVULGAÇÃO
Taison foi revelado no Inter e trabalhou com Tite no clube colorado

Na atual temporada, a 2016/2017, o time de Donetsk já fez cinco jogos, com Taison participando de três deles como titular e ficando uma vez no banco de reservas sem entrar no decorrer do duelo. O atacante ainda não marcou gols.

Carreira na Ucrânia

Taison chegou ao Shakhtar Donetsk em janeiro de 2013, proveniente do também ucraniano Metalist Kharkiv, no valor de 13 milhões de euros - cerca de R$ 47,3 milhões. Em 133 jogos oficiais pelo Shakhtar em mais de três anos, contando Campeonato Ucraniano, Copa da Ucrânia, Champions League e Liga Europa, o jogador marcou 20 gols. 

Você viu?  Neymar discutiu com torcedor logo após conquistar o ouro; assista

No Metalist, onde atuou de 2010 até o fim de 2012, foram os mesmos 20 gols marcados e mais presenças no time titular - até porque é um clube mais modesto em comparação ao Shakhtar. Taison foi revelado nas categorias de base do Internacional e integrou a equipe profissional do Colorado em 2007. Em agosto de 2010 ele foi vendido por R$ 13,4 milhões.

Vale lembrar que Taison e Tite trabalharam juntos no mesmo Inter, entre 2008 e 2009, quando o treinador comandou a equipe gaúcha.

    Leia tudo sobre: futebol