Tamanho do texto

Meia-atacante de 31 anos de idade ficou 12 anos na equipe da Alemanha, mas ultimamente não vinha sendo aproveitado como titular

Podolski anunciou aposentadoria da seleção alemã
DFB/DIVULGAÇÃO
Podolski anunciou aposentadoria da seleção alemã

Campeão da Copa do Mundo de 2014, o meia-atacante Lukas Podolski anunciou nesta segunda-feira sua aposentadoria da seleção da Alemanha, encerrando uma passagem de 12 anos pela equipe nacional. O jogador revelou sua decisão em uma publicação nas redes sociais, informando que havia avisado o técnico da equipe, Joachim Löw, da sua ideia de não mais defender a seleção.

E mais:  Alemanha renova com a Adidas até a Copa de 2022

Mesmo com a aposentadoria da seleção, o jogador de 31 anos de idade segue no Galatasaray, da Turquia. Podolski nasceu na Polônia, chegou ao país germânico ainda aos dois anos de idade e fez 129 partidas pela Alemanha, tendo marcado 48 gols e vencido a Copa do Mundo há dois anos. O atacante explicou que tem o desejo de gastar seu tempo com outras coisas, especialmente a sua família.

"A decisão foi muito, muito difícil para mim. A seleção nacional esteve sempre perto do meu coração, e ela vai ficar sempre assim. Mas, depois da Eurocopa de 2016 e das férias, eu senti que meu foco tinha mudado. Tudo tem o seu tempo, e meu tempo com a DFB (federação alemã de futebol) acabou".

Mais um tetracampeão aposentado

Com o anúncio da aposentadoria desta segunda-feira, Podolski segue os passos do veterano meio-campista Bastian Schweinsteiger, que também decidiu deixar de defender a seleção nacional após a Eurocopa, torneio em que a Alemanha foi eliminada ao perder por 2 a 0 para a França nas semifinais. Antes deles, Philipp Lahm e Per Mertesacker, logo após o Mundial do Brasil, também decidiram se afastar.

Confira:  Valderrama, o ídolo colombiano com poucos títulos no currículo

Lukas Podolski fez sua estreia pela Alemanha em junho de 2004, quando a equipe era comandada por Rudi Völler. Desde então, foi convocado para todos os torneios que a seleção disputou, embora não tenha sido titular na Eurocopa deste ano.

Veja:  Como Taffarel foi do interior do Rio Grande do Sul à glória na seleção

Agora fora da seleção alemã, Podolski entrou em campo pela última vez com a camisa da equipe na vitória por 3 a 0 sobre a Eslováquia, pelas oitavas de final da Eurocopa, quando entrou em campo durante o segundo tempo. Um dos fatores que motivaram sua aposentadoria foi, justamente, a pouca utilização na equipe.

    Leia tudo sobre: Futebol