Tamanho do texto

De olho na liderança, Timão enfrenta a equipe catarinense no último jogo antes de entregar seu estádio para a Olimpíada

De volta ao Corinthians, Alexandre Pato não jogará contra o Figueirense neste sábado (23)
Divulgação
De volta ao Corinthians, Alexandre Pato não jogará contra o Figueirense neste sábado (23)

Com o intuito de voltar a colar no líder Palmeiras, o Corinthians recebe o Figueirense neste sábado (23), às 16 horas, em seu último jogo em casa antes do estádio Itaquerão, em São Paulo ser reservado para a disputa da Olimpíada do Rio. A partida, pela 16.ª rodada do Campeonato Brasileiro, também marcaria a reestreia de Alexandre Pato, mas a volta do atacante foi adiada.

Após o confronto contra os catarinenses, o Corinthians vai enfrentar Internacional e Atlético Paranaense, fora de casa, depois enfrentará o Cruzeiro no estádio do Pacaembu, em São Paulo, e visitará o Grêmio em Porto Alegre. A volta para casa só acontecerá no dia 20 de agosto contra o Vitória.

Até lá, espera-se, Alexandre Pato já esteja atuando pelo Corinthians. O técnico Cristóvão Borges disse na semana passada que contava com o atacante para o jogo deste sábado, mas nesta sexta-feira surpreendeu e avisou que o próprio atleta não se sente seguro para voltar ao time ainda. “Fizemos uma avaliação e ele não apresenta condições. Conversamos com o atleta e ele não se sente ainda pronto para jogar. Pato está vendo a expectativa em torno dele e quer voltar bem”, disse.

Precavido, ele preferiu não projetar uma data para Alexandre Pato voltar ao time. Teoricamente, ele deve ter condições de ficar pelo menos no banco de reservas contra o Internacional, no domingo que vem. Entretanto, o nome do jogador voltou a ser comentado em outros clubes. O Corinthians nega que exista qualquer oferta pelo atacante.

LEIA MAIS:  Cristóvão elogia "versatilidade" de Pato e já pensa em escalar o atacante

Emprestado ao Chelsea no começo do ano, Alexandre Pato fez apenas dois jogos na temporada, nos dias 2 e 9 de abril, pelo Campeonato Inglês. Ele voltou a treinar no CT do Corinthians no começo de julho.

Alexandre Pato não joga, mas o Corinthians terá uma outra estreia. O lateral-direito Léo Príncipe, de 19 anos, joga pela primeira vez com o time profissional no lugar de Fagner, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. “Conversei com ele e disse para ter tranquilidade e não querer entrar para ser o melhor da partida”, resumiu Cristóvão Borges. A ideia é tentar tirar qualquer responsabilidade do garoto.

Sem Alexandre Pato e com Léo Príncipe, o time quer aproveitar a fragilidade do adversário para colar no líder Palmeiras, que soma 32 pontos - três a mais que o Corinthians - e joga neste domingo contra o Atlético Mineiro.

O aproveitamento do Corinthians na arena é bem positivo. Foram oito jogos, sendo seis vitórias e dois empates, com 16 gols marcados e apenas quatro sofridos. “Itaquera tem sido um grande aliado do Corinthians nos últimos anos, os números mostram isso, mas o clube também tem um bom relacionamento com o Pacaembu, onde já ganhou muitos títulos”, lembrou o lateral-esquerdo Uendel.

Cristóvão Borges deve manter a rotina adotada desde que chegou para substituir Tite, ou seja, não fará grandes mudanças táticas pois acredita ter um time bem encaixado nas mãos. Em relação à alteração de jogadores, também tem feito gradativamente.

Para o jogo com o Figueirense, por exemplo, testou Guilherme no lugar de Giovanni Augusto, mas deve manter o titular. O problema mesmo está justamente no ataque, posição onde atua Alexandre Pato. Cristóvão Borges já testou Luciano, escalou Danilo no clássico contra o São Paulo, no domingo passado, e agora dá uma oportunidade para André.

*Com Estadão Conteúdo

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas