Tamanho do texto

Depois de conversar com dirigentes da AFA, técnico não comentou possibilidade de assumir o comando da seleção argentina

Estadão Conteúdo

Edgardo Bauza comandou treino do São Paulo e não comentou conversas na Argentina
MARCELO D. SANTS/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO
Edgardo Bauza comandou treino do São Paulo e não comentou conversas na Argentina

O técnico argentino Edgardo Bauza retornou da Argentina na manhã deste sábado (23) e comandou o último treino do São Paulo antes do confronto contra o Grêmio, neste domingo (24), em Porto Alegre, pela 16.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O treinador não comentou sobre a reunião que teve com representantes da Associação de Futebol Argentino (AFA) sobre a possibilidade de comandar a seleção do país.

Na sede da entidade, na última sexta-feira (22), Edgardo Bauza havia manifestado grande interesse em assumir a equipe argentina. "Seria um desafio muito lindo. Não tenho ideia se estou perto da seleção, isso quem tem que definir são os dirigentes. Estivemos uma hora e meia reunidos falando sobre ideias e sobre futebol", informou.

LEIA MAIS:  Bauza é um dos favoritos para assumir seleção argentina, diz jornal

De volta ao trabalho no time tricolor, a principal novidade que Edgardo Bauza deve ter na escalação é o retorno do atacante Kelvin, recuperado de um estiramento na coxa esquerda que o tirou dos últimos sete jogos. Quem também terá uma nova chance no time principal é o jovem Pedro Bortoluzo, de 20 anos, relacionado pela segunda vez - começará no banco de reservas.

Apesar das boas notícias, a lista de jogadores no departamento médico ainda é extensa. Lucas Fernandes, Breno, Wellington e Ytalo se recuperam de cirurgias de ligamento cruzado no joelho. Mateus Caramelo tem um estiramento na coxa direita, Renan Ribeiro, lombalgia, Auro, uma tendinite no joelho esquerdo, e Daniel, um trauma no ombro direito.

Edgardo Bauza ainda não terá o zagueiro Rodrigo Caio, na seleção olímpica , e o volante Hudson, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. O atacante argentino Andrés Chávez, que será apresentado no início da próxima semana, foi submetido a exames médicos e não trabalhou com o restante do elenco.

Depois de empatar o clássico com o Corinthians por 1 a 1 no último domingo, o São Paulo ocupa a nona colocação com 22 pontos. O provável time que entrará em campo contra o Grêmio terá Denis; Bruno, Lugano, Maicon e Mena; Thiago Mendes, Wesley e Cueva; Centurión, Gilberto e Michel Bastos.

    Leia tudo sobre: futebol

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.