Tamanho do texto

Após empatar com o Santos, técnico alviverde desabafa e pede aumento no elenco, que já conta com 34 jogadores

O empate por 1 a 1 contra o Santos nesta terça-feira (12), no Allianz Parque, tirou a paciência do técnico Cuca. Após a partida, ele pediu à diretoria, novamente, mais reforços.

Em entrevista coletiva, Cuca voltou a pedir reforços à diretoria do Palmeiras
Site oficial/Divulgação
Em entrevista coletiva, Cuca voltou a pedir reforços à diretoria do Palmeiras

Hoje, o elenco conta com 34 jogadores. "Nós temos muitos jogadores em uma característica e algumas necessidades em outra característica. Sempre falo que, se você puder ficar mais forte, a chance de ganhar é maior", defendeu Cuca. "Estou contente com meu grupo, mas se a gente puder dar uma fortalecida antes do fechamento da janela é bom", disse o treinador.

Para o próximo domingo (17), ele terá ainda mais dificuldades para montar o ataque. Contra o Internacional, o Palmeiras não contará com Gabriel Jesus, convocado para a seleção olímpica - ele se apresenta ao técnico Rogério Micale na segunda-feira.

"Vai mudar, né? (estilo de jogo). Vamos buscar no nosso elenco as alternativas de velocidade. Temos o Erik, que jogou e não temos mais outra. A gente usou as armas que tinha. Temos que conversar, esperar e se organizar. Às vezes, um tropeço é natural", justificou.

Cuca ainda reafirmou sua intenção de se reunir com a diretoria e considerar novas contratações. "Vamos conversar com o presidente e com o Mattos para dar uma avaliada no plantel. Tudo o que fizemos de bom e o que podemos melhorar. Lesões vem, desfalques vêm e ainda tem a Olimpíada", falou.

*Com informações do Estadão Conteúdo

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.