Tamanho do texto

Procedimentos disciplinares serão abertos para investigar atos de torcedores nas partidas do torneio europeu

Torcida da Bélgica na Eurocopa
REUTERS/Sergio Perez Livepic
Torcida da Bélgica na Eurocopa

A Uefa voltou a abrir procedimentos disciplinares para investigar atos de torcedores em partidas da Eurocopa , na França. Desta vez, as federações denunciadas foram as da Hungria Bélgica e Portugal, neste domingo. Os casos serão julgados a partir de terça-feira.

Leia +  Chile humilha México por 7 a 0 e vai à semifinal da Copa América

A Federação Húngara de Futebol foi denunciada por causa dos distúrbios ocorridos na partida contra a Islândia, sábado, em Marselha. Antes do início da partida, húngaros entraram em confronto com os seguranças quando um grupo de cerca de 100 torcedores vestidos de preto tentaram derrubar uma grade para se juntar a outros húngaros num dos trechos da arquibancada. Houve empurra-empurra entre eles e também com os seguranças.

Um grupo de choque da polícia precisou intervir para bloquear a área e impedir o acesso de outros torcedores da mesma seleção. Ainda antes do início do jogo, parte da torcida acendeu sinalizadores na arquibancada durante a execução do hino da Hungria. Seis húngaros foram detidos no episódio.

No caso da Bélgica , a denúncia se refere ao lançamento de objetos no gramado durante a vitória sobre a Irlanda por 3 a 0, em Bordeaux, também no sábado. Torcedores também acenderam sinalizadores e fogos de artifício nas arquibancadas.

Cristiano Ronaldo foi abraçado e beijado por torcedor que invadiu o campo
REUTERS/Charles Platiau Livepic
Cristiano Ronaldo foi abraçado e beijado por torcedor que invadiu o campo

A Federação Portuguesa , por sua vez, vai responder pela invasão de um torcedor no gramado ao fim do empate sem gols com a Áustria, também no sábado.