Tamanho do texto

Diversos torcedores russos foram detidos durante o torneio que acontece na França

Torcedores russos se envolveram em diversas confusões durante a Euro
Reuters/Wolfgang Rattay
Torcedores russos se envolveram em diversas confusões durante a Euro

O embaixador da França na Rússia, Jean-Maurice Ripert, foi convocado pelo Ministério das Relações Exteriores de Moscou por conta da prisão na última terça-feira (14) de um grupo de torcedores que ia de Marselha a Lille para acompanhar sua seleção na Eurocopa 2016.

Pouco antes, o chanceler russo, Sergei Lavrov, já havia classificado como "inaceitável" a interceptação do ônibus para investigação, ocorrida nos arredores da cidade de Nice. "As autoridades francesas agiram contra as responsabilidades estabelecidas pela convenção de Viena, e já enviei uma mensagem verbal ao ministro das Relações Exteriores da França pedindo que tais violações não se repitam", disse.

Segundo ele, medidas como essa podem incentivar o sentimento "anti-Rússia". Contudo, Lavrov afirmou que o comportamento de alguns torcedores na Euro é "inadmissível". Cidadãos russos já protagonizaram diversos episódios de violência na França desde o início do torneio, o que levou a Uefa a ameaçar expulsar o país da competição e rendeu à federação local uma multa de 150 mil euros.