Tamanho do texto

Revelado pelo Eintracht Frankfurt em 2010, Rode chegou ao Bayern em 2014, mas não conseguiu ter a sequência esperada

O Borussia Dortmund  anunciou oficialmente nesta segunda-feira a contratação do meia Sebastian Rode, do rival Bayern de Munique . O jogador de 25 anos de idade firmou acordo para defender a equipe até 30 de junho de 2020, após ter sido aprovado em exames médicos para assinatura de contrato.

Sebastian Rode já com a camisa do Borussia
Divulgação
Sebastian Rode já com a camisa do Borussia

Desta forma, Rode traçou caminho inverso ao trilhado pelo defensor Mats Hummels, que na semana passada deixou o time de Dortmund para assinar com o Bayern até 2021. Antes do meio-campista recém-contratado, o Borussia também havia anunciado na última sexta-feira a chegada do espanhol Marc Bartra, do Barcelona, para suprir a ausência justamente de Hummels.

Leia

Baixa da Costa Rica na Copa América, Navas será operado na quinta-feira

City marca amistoso em Munique e Guardiola deve estrear contra ex-clube

Revelado pelo Eintracht Frankfurt em 2010, Rode chegou ao Bayern de Munique em 2014, mas não conseguiu ter a sequência esperada com a camisa do time bávaro, pelo qual disputou 99 partidas do Campeonato Alemão e marcou cinco gols. Ele ficou sem espaço na equipe titular em um período no qual o time passou a contar com nomes como Thiago Alcântara e Xabi Alonso, além de ter a concorrência do ídolo Philipp Lahm, lateral de ofício, improvisado no meio-campo.

Embora tenha jogado pelo Bayern, Rode chegou ao Borussia com o discurso que os fãs do clube gostariam de ouvir, pois lembrou que é "torcedor do clube desde a infância e que está ansioso para poder atuar pelo seu time favorito".

O novo reforço chega para ocupar o espaço aberto principalmente por Ilkay Gundogan, que se transferiu para o Manchester City. Forte na marcação e acostumado a jogar como volante, ele não vê a hora de poder estrear pelo seu novo clube. "Estou olhando adiante neste meu novo desafio e para o meu primeiro jogo vestindo a camisa aurinegra no Signal Iduna Park", afirmou, se referindo ao mítico estádio do Borussia Dortmund.

    Leia tudo sobre: bayern de munique