Tamanho do texto

Equipe carioca foi eliminada das três competições que disputou até aqui: Primeira Liga, Carioca e Copa do Brasil

Rodrigo Caetano admite que temporada do Flamengo é frustrante
Gilvan de Souza / Flamengo / Divulgação
Rodrigo Caetano admite que temporada do Flamengo é frustrante

O momento do Flamengo  é de reflexão. Não é para menos. O Rubro-Negro amargou a terceira (Primeira Liga, Carioca e Copa do Brasil) eliminação na temporada. O dia de foi de reunião entre o presidente Eduardo Bandeira de Mello e a cúpula do futebol. Coube a Rodrigo Caetano se desculpar pelo último vexame.

Leia

Internacional quer “chutar mais” contra São Paulo, mas treina com três volantes

Guilherme faz golaço em treino e prevê mais chances em novo esquema

"Venho pedir desculpas para o torcedor que fez o seu papel, apoiou do início ao fim e tem o direito de cobrar. Eles fazem parte do nosso dia a dia e não podemos encarar isso como algo normal. Conversamos com o presidente sobre o que precisa ser mudado e aguardamos o retorno do Muricy para entendermos juntos o motivo de a equipe não estar rendendo", afirmou o diretor-executivo.

O investimento do Flamengo não condiz com os resultados, avalia Rodrigo Caetano. Desta forma, há dúvida até mesmo sobre o potencial do elenco rubro-negro.

"Temporada é frustrante. Planejamos para que fosse diferente. Excelente pré-temporada, no nosso entendimento temos elenco equilibrado, mas os resultados não vieram. Número de derrotas é extremamente preocupante. Já passou da hora de o elenco fazer valer o investimento que foi feito. Até nos faz rever se o elenco é realmente equilibrado", acrescentou.

A eliminação vai gerar uma pressão maior no Flamengo. A resposta terá de ser dada no Brasileiro.

"Sempre quando há um resultado adverso o departamento de futebol vem aqui dirimir as dúvidas e explicar insucessos como o de ontem (quarta-feira). Além da frustração tem a vergonha pela eliminação. O que nos resta é o Brasileiro, que aumenta demais a responsabilidade de todos", declarou Rodrigo Caetano.