Tamanho do texto

Pelo lado do Sevilla, Emery diz que torneio é a 'segunda mulher' de todo torcedor; Klopp admite pressão da torcida do Liverpool para conquistar um título após quatro anos

Gameiro comemora classificação do Sevilla para a final; time busca terceiro título seguido
Reprodução/Twitter
Gameiro comemora classificação do Sevilla para a final; time busca terceiro título seguido

Na véspera da decisão da Liga Europa, o técnico do Sevilla, Unai Emery, achou uma forma peculiar de explicar a paixão que os torcedores do clube têm pelo torneio, do qual o time é bicampeão. De acordo com ele, a Liga Europa é como uma amante. "Todos do Sevilla gosta muito desta competição. Querem amá-la. É a segunda mulher ou a segunda esposa de todos os torcedores", opinou o treinador, nesta terça-feira, em entrevista coletiva.

Leia

Roma fecha empréstimo milionário para construir novo estádio

À rádio, Godín revela que já tentou levar Cavani ao Atlético de Madri

Na quarta, o Sevilla faz mais uma decisão de Liga Europa, contra o Liverpool, na Basileia, na Suíça. Ainda que esteja brigando pelo tricampeonato, o time espanhol não é considerado favorito, uma vez que encara o tradicionalíssimo Liverpool. Emery, entretanto, pensa diferente e confia no seu elenco.

"É 50 a 50. Eles pela história e por como estão agora, e os outros 50% são nossos. Somos campeões e temos nossos argumentos para defendermos nosso título. As qualidades das equipes são importantes, especialmente a capacidade que têm eles e nós de contrapor as qualidades do outro", avaliou.

Emery lembrou que o Sevilla tem, na Basileia, uma oportunidade única no futebol. "Cava vez que o futebol te dá uma oportunidade você tem que brigar por ela. A história se escreve no presente. O que conquistamos foi muito bonito, mas queremos fazer de novo" garantiu. "Temos a oportunidade de escrever nossos nomes na história do Sevilla e sermos lembrados para sempre", completou.

Já o técnico Jürgen Klopp admitiu nesta terça-feira que o título será essencial para a avaliação do seu trabalho à frente do Liverpool e para aliviar a torcida, ansiosa por um troféu internacional para compensar o insucesso da equipe no Campeonato Inglês. 

Sturridge comemora classificação do Liverpool com torcedores
Reprodução/Twitter
Sturridge comemora classificação do Liverpool com torcedores

"Eu tenho certeza de que se não vencermos, ninguém vai considerar esta temporada um sucesso. Nós já sabemos do desejo dos nossos torcedores. Sabemos o quanto eles querem esse troféu" disse Klopp, nesta terça. "Esta será uma grande chance para nós darmos um grande passo à frente."

Sem empolgar no Inglês, o Liverpool não levanta um troféu internacional desde 2005, quando venceu a Liga dos Campeões e a Supercopa da Europa. A última conquista aconteceu em 2012, com o título da Copa da Liga Inglesa.

"Quanto mais tempo você fica sem ganhar, mais duro você tenta. Tenho consciência do quanto a torcida quer esse título. Eles vêm mostrando todo o apoio, de uma forma impressionante, dentro e fora de casa. Estão viajando a Europa inteira conosco", afirmou.

Klopp, contudo, reconhece que a tarefa não será fácil. O Sevilla vive situação semelhante, tentando compensar na Liga Europa o que não consegue nas competições nacionais. Não por acaso é o atual bicampeão do torneio.

"Teremos que ser organizadores, bem preparados, assumir o controle e ter paciência para fazer trocas de passe até criarmos uma boa chance. Em uma final, você deve estar pronto para cometer erros, mesmo diante de toda a audiência mundial. O futebol não funciona sem erros", disse o treinador do Liverpool.