Tamanho do texto

Grave lesão, que costuma demandar um longo tempo de recuperação, é mais um duro golpe sofrido por Gündogan, que já havia ficado fora da Copa do Mundo de 2014, no Brasil

Gündogan está fora da Eurocopa
Divulgação
Gündogan está fora da Eurocopa

O Borussia Dortmund informou na manhã desta sexta-feira que Ilkay Gündogan deslocou a rótula do seu joelho durante um treinamento da equipe e está fora da reta final desta temporada do futebol europeu. Mais do que isso, o volante foi confirmado como baixa de peso da Alemanha para a disputa da Eurocopa, que será realizada entre os dias 10 de junho e 10 de julho, na França.

Leia 

Fifa bane do futebol ex-líderes das federações de Chile e Colômbia

Mesmo com aproveitamento baixo, São Paulo exibe eficiência na Libertadores

A grave lesão, que costuma demandar um longo tempo de recuperação, é mais um duro golpe sofrido por Gündogan, que já havia ficado fora da Copa do Mundo de 2014, no Brasil, por causa de um problema na coluna cervical. O desenvolvimento da sua carreira, por sinal, foi atrapalhado por uma série de lesões e problemas físicos.

O jogador de 25 anos de idade defende a seleção alemã desde 2011 e em 2012 ele esteve presente na Eurocopa. Entretanto, não poderá voltar a disputar esta próxima edição da competição continental e ajudar o seu país a justificar o status de atual campeão mundial.

Peça-chave do Borussia Dortmund, Gündogan também ficará fora da decisiva penúltima rodada do Campeonato Alemão, que será neste sábado. Ainda com chances matemáticas de conquistar o título nacional, a equipe enfrenta o Eintracht Frankfurt, fora de casa, precisando vencer e ainda contando com um tropeço do líder Bayern de Munique contra o Ingolstadt, também longe de seus domínios.

A duas rodadas para o final do Alemão, o Bayern lidera com 82 pontos, contra 77 do Borussia Dortmund. Ou seja, o time de Munique está a um triunfo ou dois empates de voltar a se sagrar campeão nacional, feito que Gündogan conquistou na temporada 2011/2012, quando o seu time também faturou a Copa da Alemanha.

Foi de Gündogan, por sinal, o gol do Borussia Dortmund na final da edição 2012/2013 da Liga dos Campeões, quando o time caiu por 2 a 1 justamente diante do Bayern na decisão. Naquela mesma temporada, o Borussia conquistou a Supercopa da Alemanha.