Tamanho do texto

Saída deve afetar próxima temporada, já que, segundo o presidente da liga espanhola, Javier Tebas, não haverá tempo hábil para fechar com um substituto

Símbolo do Campeonato Espanhol com patrocínio oficial
Reprodução
Símbolo do Campeonato Espanhol com patrocínio oficial

O Campeonato Espanhol  vem chamando a atenção pela disputa acirrada entre o Atlético de Madrid  e os gigantes mundiais Barcelona e Real Madrid  pelo título, mas a sua organização sofreu uma baixa considerável com a perda do patrocinador que dá nome ao torneio, o grupo bancário BBVA.

Leia

FA indicia Chelsea e Tottenham e pode suspender Dembele por mais de 3 jogos

Campeão mundial com a Itália, Luca Toni anuncia aposentadoria aos 38 anos

O presidente da liga espanhola, Javier Tebas, anunciou nesta quarta-feira a perda do patrocinador exclusivo da competição, que optou por não seguir mais o apoiando. Além disso, explicou que muito provavelmente não será capaz de substituí-lo a tempo para a disputa do torneio nacional da próxima temporada.

Tebas afirmou que, embora "muitas propostas estejam na mesa", nenhuma negociação está avançada a ponto de substituir o BBVA como patrocinador do nome da competição. Diante desse cenário, segundo o presidente da liga espanhola, uma possibilidade que está sendo explorada é a próxima edição do campeonato ter "vários patrocinadores".

Independentemente desse impasse, o Campeonato Espanhol se aproxima do seu final com uma disputa emocionante pelo título. Restando duas rodadas para o encerramento da competição, o Barcelona lidera o torneio com os mesmos 85 pontos do Atlético de Madrid, mas em vantagem nos critérios de desempate, enquanto o Real Madrid é o terceiro colocado com 84.