Tamanho do texto

Audax fará como nas últimas semanas e treinará em Sorocaba, onde fica até sábado e depois segue para a baixada santista

Fernando Diniz, técnico do Osasco Audax
Antônio Cícero/Framephoto/Estadão Conteúdo
Fernando Diniz, técnico do Osasco Audax

O Audax vai intensificar o período de concentração na semana que antecede a decisão do Campeonato Paulista, marcada para domingo, contra o Santos, na Vila Belmiro. A surpresa da competição repetirá a programação das últimas semanas, com os treinos e hospedagem em Sorocaba, mas com a diferença de que ficará mais tempo no interior, sem retornar à sua cidade.

Leia mais:  Sócios do Santos esgotam ingressos para a final do Paulistão

Em Sorocaba, o elenco vai ficar no CT do Atlético Sorocaba, estrutura que abrigou a seleção da Argélia na última Copa do Mundo. O Audax escolheu o local por ter sido onde fez tanto a pré-temporada como também por ter sido a sede das semanas de treinamento que antecederam as disputas das quartas de final, contra o São Paulo, da semifinal, com o Corinthians, e também da primeira partida da decisão.

Nesta terça-feira o elenco se reapresenta em Osasco após ganhar folga na segunda-feira e depois viaja para Sorocaba. O time ficará no local até sábado, quando seguirá para Santos. No interior, o técnico Fernando Diniz deve comandar uma semana de treinos fechados, com poucas atividades abertas para a imprensa.

Na semana que antecedeu o primeiro jogo da final, o Audax treinou em Sorocaba até quinta-feira. Depois voltou para Osasco, onde na sexta-feira realizou uma atividade no Estádio José Liberatti. A atividade ficou marcada por uma atitude intempestiva do investidor do time, Mário Teixeira, que apareceu no gramado para reclamar do vazamento da informação de que o meia Tchê Tchê acertou a sua transferência para o Palmeiras.