Tamanho do texto

"É um momento difícil, que traz tristeza", disse o volante argentino de 22 anos

Lucas Romero, volante do Cruzeiro
Washington Alves/Light Press/Cruzeiro
Lucas Romero, volante do Cruzeiro

A eliminação nas semifinais do Campeonato Mineiro  para o América-MG  resultou em mudanças no Cruzeiro , e Deivid não resistiu. A demissão do treinador após a queda no domingo foi bastante lamentada pelo volante Lucas Romero, que, no entanto, admitiu a necessidade da equipe mineira se reerguer rapidamente.

Leia:  E segue a limpa! Palmeiras dispensa meia e empresta zagueiro ao Criciúma

"É um momento difícil, que traz tristeza. O Deivid é uma grande pessoa, foi bom técnico e vai seguir bem na sua carreira. Mas temos de virar a página, pensar no que vem pela frente, Brasileirão, Copa do Brasil, que é muito importante. Vamos colocar na cabeça que tem de seguir treinando, pois sabemos da grandeza do Cruzeiro e da necessidade de conquistas", declarou.

Agora, a diretoria do Cruzeiro vai em busca de um substituto. Jorginho, do Vasco, seria o principal alvo, mas enquanto nada é definido, o auxiliar Geraldo Delamore vai assumir a função interinamente. Ele recebeu bastante elogios de Romero.

"Estamos tranquilos. É coisa da diretoria decidir o novo técnico. Temos de seguir trabalhando e esperando a decisão. Delamore é uma grande pessoa, como Deivid, sabe muito de futebol e está fazendo bons trabalhos. Vamos trabalhar com ele, sempre sério", garantiu.