Tamanho do texto

Na estreia da Copa do Brasil 2016, a equipe paulista sofreu o gol no final do primeiro tempo e só conseguiu empatar aos 32 da segunda etapa; agora espera o time xará na Vila Belmiro

Chuva interrompeu partida aos 10 minutos do segundo tempo
Reprodução
Chuva interrompeu partida aos 10 minutos do segundo tempo

Com um time reserva, o Santos apenas empatou por 1 a 1 nesta quinta-feira (21) com seu xará de Macapá e agora receberá o rival no jogo de volta, na Vila Belmiro, na próxima semana, para avançar à segunda fase da Copa do Brasil. Além da má atuação, a equipe paulista ainda teve de lidar com um gramado encharcado no segundo tempo.

A proposta do time da casa era bem clara: se proteger na defesa para tentar uma bola no ataque e matar o jogo. E a receita deu muito certo no primeiro tempo, ainda mais porque o Santos não se encontrou em campo e pecava muito nos erros de passe.

Desta maneira, a equipe do Amapá se defendia com uma linha de quatro, além de dois volantes com bom poder de marcação, e tentava incomodar com os rápidos Rafinha e Fabinho. Se o Santos paulista estivesse bem, talvez a tática dos donos da casa não desse muito certo. Mas o time da Vila Belmiro pouco fazia para vencer.

Sem criatividade no meio, o Santos acabou sofrendo o gol no fim do primeiro tempo, após falha de marcação pelo lado direito da defesa. Rafinha recebeu um bom lançamento, livre, chutou, Vladimir não segurou e a bola entrou mansa no gol. Caju tentou salvar em cima da linha, mas o auxiliar confirmou o gol.

No segundo tempo, logo aos 10 minutos uma forte chuva castigou o gramado e deixou o duelo paralisado por meia hora. No retorno, o campo de jogo tinha muitas poças, atrapalhando os dois lados. A cada lance, a bola parava e os jogadores passavam batidos ou se embolavam.

Atrás no marcador, o Santos insistia sem muita convicção e parecia não encontrar o caminho para chegar ao gol. Mas aos 32 o time paulista empatou, com Joel, de cabeça, aproveitando o cruzamento de Paulinho da esquerda. Na jogada, o goleiro Zé Maria bobeou e permitiu que o Santos evitasse evitou uma derrota em sua estreia na competição nacional.