Tamanho do texto

Meia do Palmeiras recebeu até uma pintura com a sua comemoração do tento sobre o São Paulo

Robinho comemora gol sobre Rogério Ceni em 2015
Divulgação
Robinho comemora gol sobre Rogério Ceni em 2015


São Paulo e Palmeiras duelam neste domingo no Pacaembu, a partir das 11h da manhã, num clássico que há quase um ano ficou marcado pelo gol de placa do meio-campista Robinho. Em 25 de março de 2015, o jogador acertou um chute raro de muito longe, encobrindo Rogério Ceni e fazendo uma pintura.

Este momento está gravado na memória do torcedor, mas também terá um lugar especial na casa do atleta. Ele ganhou um desenho realista da sua comemoração de Vagner Santana, um amigo que faz arte a partir de fotos. A vibração, os olhos arregalados e o grito de gol estão eternizados na obra de arte.

E MAIS

Médico vê descrédito injusto e lembra: Palmeiras fez Valdivia beber menos 

Alberto Valentim costuma mexer na escalação em chances como interino

“Eu fiquei feliz porque realmente foi um gol bonito, mas deixo isso para o torcedor mesmo. Continuo focando aqui no meu dia a dia, no meu trabalho, em buscar mais conquistas. Não adianta eu ficar só naquele gol lá e esquecer de marcar mais”, disse Robinho em entrevista à Revista Palmeiras.

E o torcedor não esquece mesmo. Alguns meses depois, de novo num clássico contra o São Paulo (desta vez no Morumbi), o meia repetiu a dose e fez outro gol de cobertura no goleiro são-paulino.

“Se fosse em qualquer outro goleiro não teria tomado a proporção que tomou. E aí parece destino. Fiz de novo depois. É até engraçado. Por ter sido no Rogério Ceni no último ano dele que estava aposentando, então acho que se tornou maior ainda. Para mim foi ainda mais especial, porque foi no Allianz e por ter ganhado uma placa do Alex, um cara que admiro muito”, lembra.

Robinho recebe placa por gol de cobertura em Rogério Ceni
Marcos Bezerra/Futura Press
Robinho recebe placa por gol de cobertura em Rogério Ceni

Em 2002, na última vitória do Palmeiras sobre o São Paulo no Morumbi, Alex “chapelou” o camisa 1 rival em gol também histórico. Robinho e Alex foram companheiros de time no Coritiba e são amigos.

Como o ídolo palmeirense no título da Libertadores de 1999, Robinho também quer deixar seu nome na história do Palmeiras com esse troféu. Mas ele não se engana. “Posso ganhar qualquer título aqui no Palmeiras que ainda vou ser lembrado pelo gol de cobertura no Rogério”.

E esse gol sobre Rogério Ceni inspirou o elenco palmeirense em 2015. "Nós começamos o ano acreditando que poderia ser muito bom. Mas nós já havíamos perdido um clássico para o Corinthians. Então, depois de vencer o São Paulo da forma que foi e pela festa que a torcida fez, passamos a acreditar de fato que poderíamos conquistar coisas importantes. Aquele meu gol ainda deu um ânimo diferente para a galera toda", finalizou Robinho.