Tamanho do texto

Campeonatos Pernambucano e Goiano são os 'campeões' dos 0 a 0, seguidos por Paulista, Capixaba, Catarinense e Gaúcho

Os campeonatos estaduais têm sofrido fortes questionamentos por conta do apertado calendário brasileiro há alguns anos, mas, mesmo assim, pelo charme e tradição, não deixam de acontecer. Um levantamento feito pelo site  Sr. Goool , especialista em estatísticas, apontou que empates magros têm prevalecido sobre as goleadas em 2016 e deixado os torneios ainda mais discutíveis.

O clássico entre Palmeiras e Santos, pela 5ª rodada do Paulista, foi um dos jogos que terminou sem gols
Ricardo Saibun / Santos FC
O clássico entre Palmeiras e Santos, pela 5ª rodada do Paulista, foi um dos jogos que terminou sem gols

Entre todos os estaduais, 74 jogos terminaram sem que a bola parasse no fundo das redes, enquanto houve apenas 37 goleadas por quatro ou mais gols de diferença. 

Leia mais

Apenas 5 times estão 100% nos Estaduais: Bahia, um do Candangão e três do Acre

Suspenso do futebol, Jobson provoca imbróglio em torneio amador no Pará

Os campeonatos Goiano e Pernambucano são os líderes de jogos sem gols, com oito em Goiás (em 40 partidas) e nove em Pernambuco (66 jogos). Nos dois, nenhuma goleada foi registrada. 

Em São Paulo, o Paulista , com seis empates sem gols em 70 jogos, vem na sequência. Na mesma competição, apenas três partidas terminaram com um vencedor anotando quatro gols de diferença sobre seu adversário.  

O Capixaba é outro torneio que viu mais empates do que goleadas até aqui. Seis placares terminaram da maneira que começaram em 24 jogos, enquanto nenhum empate zerado foi visto nos campos do Espírito Santo.

Confira fotos dos estaduais pelo Brasil

No Sul, os campeonatos Catarinense e Gaúcho  também viram mais empates mínimos do que resultados elásticos, com cinco cada, contra duas goleadas em Santa Catarina e duas no Rio Grande do Sul. Sendo que no primeiro Estado foram 43 jogos e no segundo, 49.

Contramão

Em Minas Gerais , o número de empates sem gols é quase igual ao de goleadas. Foram dois jogos com o resultado mais magro possível e uma vitória com saldo elástico em um total de 29 confrontos. Na contramão está o Carioca , que já assistiu cinco goleadas e viu apenas um empate por 0 a 0 em 55 jogos.