Tamanho do texto

Técnico acredita em apoio da torcida em semana com jogo da Libertadores e clássico contra o Internacional

A semana passada no Grêmio foi marcada pelos protestos da torcida tricolor, que chegou a ir ao CT Luiz Carvalho e jogar pipoca nos jogadores, mas o time acabou vencendo o Glória por 4 a 2 no sábado e ganhou uma trégua. Agora o técnico Roger Machado prevê maior apoio por parte dos torcedores para a semana que conta com jogo da Libertadores seguido por Gre-Nal.

Grêmio tem um duelo pela Libertadores e clássico contra o Inter pela frente
Divulgação
Grêmio tem um duelo pela Libertadores e clássico contra o Inter pela frente

"Hoje (sábado) não vi uma vaia, o torcedor nos empurrou para a frente. Isso nos dá uma uma energia muito grande. Na quarta-feira, eu sei que muitos mais estarão aqui. Se a gente tiver nosso 12º jogador sempre ao nosso lado, nossa confiança volta 100%. O torcedor volta com a casa cheia, e faremos um grande jogo", previu o treinador.

O Grêmio recebe a LDU na próxima quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), pela segunda rodada da Libertadores, e busca se reerguer após ter sido derrotado na estreia pelo Toluca, fora de casa.

Na sequência, no próximo domingo, o time tricolor recebe o Internacional para o primeiro clássico do ano, em jogo que vale pelo Campeonato Gaúcho e também pela Copa Sul-Minas-Rio. Para o goleiro Marcelo Grohe, a vitória conquistada diante do Glória, com gols nos últimos minutos, serviu como um empurrãozinho para a equipe.

"A gente fica sem dormir, conversa antes dos treinos. O grupo está fechado, e isso é importante. A torcida tem direito de cobrar, quer ver sempre ver o time vencendo. Mas acho que juntos, jogadores e comissão técnica, vamos passar por esse momento. Foi um resultado importante para isso", comentou o goleiro.