Tamanho do texto

Jogador já está no Velho Continente para assinar com o Betis; clube de Sevilha já foi comunicado que pode selar acordo

Leandro Damião está livre para assinar com o Betis, da Espanha
Friedemann Vogel/Getty Images
Leandro Damião está livre para assinar com o Betis, da Espanha

O Ministério Público do Trabalho (TST) publicou na tarde desta sexta-feira a decisão tomada entre Santos e representantes de Leandro Damião, após uma novela que se arrastou desde quando o atacante deixou o Cruzeiro ao final do empréstimo, no ano passado, e o jogador está livre para assinar com o Betis, da Espanha.

Leia mais notícias sobre o  Santos

Quem comandou a reunião foi o ministro Ives Grandra Martins Filho, vice-presidente do TST. Ele avisou ao Santos que se não houvesse um acordo, Damião seria liberado para negociar com qualquer outro clube sem precisar pagar a multa de R$ 65 milhões, que foi imposta em liminar pelo próprio TST.

O jogador já está na Espanha para assinar com o escrete da cidade de Sevilha e deve ser anunciado em breve, já que a única coisa que impedia era justamente esse entrave com o Alvinegro. O ministro, inclusive, já comunicou ao Betis que o atacante está livre para assinar.

Leia mais:  Mesmo com poucas opções na zaga, Jubal rescinde com o Peixe

Do outro lado, o Peixe estava prestes a multar Damião caso ele continuasse a faltar nos treinos, mas o advogado do atleta, Ricardo Gehling, com base em uma liminar concedida em dezembro de 2015 pelo TST havia dito que seu cliente não iria se reapresentar na Baixada Santista.

Leia também:  Sem tempo de inscrição, Elano e Patito estão fora da primeira rodada

Pelo BID (Boletim Informativo Diário) da CBF, Santos e Leandro Damião não tem mais nenhum vínculo desde dezembro, quando foi publicada a rescisão de contrato.

O Santos contratou o jogador em 2014 por 13 milhões de euros (quase R$ 57 milhões, na cotação atual) com a ajuda da Doyen Sports, que agora cobra R$ 81 milhões do Alvinegro e deve acionar o clube na Justiça.