Tamanho do texto

Jogador brasileiro foi acusado de abuso sexual durante Pan de Toronto. Processo contra goleiro Andrey segue em andamento

Lucas Piazonteve o processo contra si retirado no Canadá
Reprodução
Lucas Piazonteve o processo contra si retirado no Canadá

A Promotoria de Justiça do Canadá retirou a acusação de assédio sexual contra o brasileiro Lucas Piazon durante o Pan Americano de Toronto em 2015. O jogador teria, ao lado do goleiro Andrey, praticado violência sexual contra uma mulher depois de uma festa durante a realização dos jogos .

O processo contra o meia foi retirado pois o jogador atua na Inglaterra e só poderia ser processado se voltasse a província de Ontário. 

Leia também: Por superstição, Denver Broncos vão jogar Super Bowl 50 de branco

"O processo nunca deveria ter começado contra o Piazon porque eles sabiam desde a entrevista coletiva que a ação nunca chegaria a julgamento. Foi errado, mal intencionado, algo que nunca deveria ter acontecido",  disse o advogado Brian Greenspan, responsável pela defesa do jogador ao site "1130 news"

Como o mandado de prisão do goleiro Andrey é valido em todo o território canadense, o processo contra ele segue em andamento, mas o jogador permanece no Brasil, pois o país não possui acordo de extradição com o Canadá.

Leia mais: Blake Griffin fratura a mão em briga com roupeiro do Los Angeles Clippers

Durante o Pan Americano, o brasileiro do polo aquático Thye também foi acusado de assédio sexual pela policia canadense .