Tamanho do texto

Entidade investiu R$ 121 milhões em prédio que contará com painéis interativos e até taça original da Copa do Mundo

Museu tem três andares e 3.000 metros quadrados
Getty Images
Museu tem três andares e 3.000 metros quadrados

O Museu do Futebol Mundial da Fifa, no centro de Zurique, abrirá suas portas ao público no dia 28 de fevereiro, apenas dois dias depois das  eleições para a presidência da entidade.

Segundo informações divulgadas em comunicado, após as obras realizadas durante dois anos, em dezembro a empresa construtora fez a entrega oficial do edifício e deixou prevista a inauguração para o próximo mês.

A Fifa investiu 140 milhões de francos suíços (R$ 565 milhões) nas obras de remodelação e reforma do prédio, dos quais 30 milhões de francos suíços (R$ 121 milhões) correspondem ao museu. A seguradora Swiss Life, proprietária do imóvel, fechou um contrato de arrendamento com a entidade até o ano de 2055.

Na nota, foi explicado que até o dia da abertura será realizada uma série de testes. "Vários grupos virão para o museu para testá-lo. Também poremos a toda prova a capacidade máxima do local", disse o diretor do museu, Stefan Jost, que destacou ser importante "estarmos totalmente preparados para a inauguração".

Leia também:
+ Messi é eleito o melhor do mundo pela quinta vez; Neymar é terceiro
+ Sem brasileiros, dirigentes criam Liga Sul-Americana de Clubes de Futebol

Os visitantes que forem ao local, com 3 mil metros quadrados de exposição distribuídos em três andares, poderão contemplar mais de mil objetos que representarão as diversas facetas do mundo do futebol.

Além da evolução do futebol internacional, e a singularidade da Copa do Mundo, as pessoas poderão entrar em um universo multimídia e interativo e viver as emoções despertadas diariamente pelo esporte.

O museu conta com mais de 15 painéis interativos e mais de 60 telas, nas quais serão projetadas imagens com o futebol como protagonista. Uma das grandes atrações será o troféu original da Copa do Mundo.

"Em nossas salas de reuniões e eventos, podem ser organizados todos os tipos de ações ou mesas-redondas", acrescentou Jost.

O local ainda contará com um bar dedicado ao mundo do futebol, um restaurante, uma cafeteria, uma loja e uma biblioteca com mais de 4 mil obras relacionadas com a modalidade. Nesses espaços, haverá entrada franca.