Tamanho do texto

Goleiros Iker Casillas, Gianluigi Buffon e Claudio Bravo não aparecem na lista que divulga os votos de cada jogador

Casillas não conseguiu votar na Bola de Ouro
Getty Images
Casillas não conseguiu votar na Bola de Ouro


Após Messi ser eleito melhor jogador do mundo pela quinta vez , a Fifa divulgou a lista de votos de cada jogador, técnico e jornalista que participou da eleição. Algo que chamou a atenção foi a ausência dos capitães de Espanha, Itália e Chile - curiosamente, três goleiros.

Iker Casillas, capitão da Fúria, não conseguiu votar por ter recebido a documentação da Real Federação Espanhola de Futebol faltando menos de 24h para o encerramento do prazo, deixando-o sem tempo hábil para indicar seus escolhidos.  

LEIA TAMBÉM:
+ Um golaço leva Wendell Lira de desempregado ao topo do mundo

O italiano Buffon, por sua vez, não votou por um motivo completamente diferente. A Federação Italiana de Futebol resolveu não votar como protesto pela ausência do próprio goleiro na primeira lista da Bola de Ouro, que indicava os 50 melhores jogadores do ano. Dessa forma, o treinador Antonio Conte também ficou fora da votação. 

Em relação ao capitão chileno, Claudio Bravo, não há informações sobre sua ausência na votação. A imprensa espanhola, no entanto, especula que ele possa ter se irritado por não ter sido indicado entre os melhores do ano, mesmo após cinco títulos com o Barcelona e a conquista da Copa América com sua seleção.