Tamanho do texto

Francês afastado da presidência da Uefa foi suspenso por oito anos por conta de recebimento de pagamento ilegal de Blatter

Michel Platini está banido de qualquer atividade relacionada ao futebol por oito anos
Getty Images
Michel Platini está banido de qualquer atividade relacionada ao futebol por oito anos

O ex-presidente da Uefa Michel Platini apresentará na próxima segunda-feira um recurso contra a suspensão por oito anos de toda atividade relacionada com o futebol imposta pela Fifa, informou neste sábado a imprensa francesa.

Platini já analisou os motivos alegados pelo Comitê de Ética da Fifa para sua punição e, por isso, está pronto para apresentar o recurso na segunda-feira, disse a emissora "France Info", que cita um dos advogados do ex-jogador francês.

O Comitê de Ética da Fifa, presidido pelo alemão Hans-Joachim Eckert, notificou Platini e o ex-presidente da Fifa Joseph Blatter sobre os motivos de suas decisões para puni-los com o afastamento de qualquer atividade relacionada com o futebol por oito anos.

Depois da suspensão, Platini anunciou, em entrevista ao jornal "L'Équipe", que retiraria sua candidatura à presidência da Fifa para focar na defesa contra as acusações de corrupção que recebeu.

"Não me candidatarei à Fifa, retiro minha candidatura. Não posso mais, já não tenho o tempo nem os meios de ver os eleitores, me reunir com as pessoas, de lutar contra os outros (candidatos)", disse Platini na entrevista ao "L'Équipe".