Tamanho do texto

Equipe catalã enfrenta o River Plate neste domingo e deve ser reforçada com Lionel Messi e Neymar, que estavam lesionados

Luis Enrique, técnico do Barcelona
EFE
Luis Enrique, técnico do Barcelona

O técnico Luis Enrique rejeitou neste sábado o rótulo de favorito para o Barcelona na final do Mundial de Clubes deste domingo, diante do River Plate, e alertou seus jogadores a respeito das zebras que o futebol costuma proporcionar.

"Sempre nos apontam como favoritos a cada partida, é um rótulo que já conhecemos. Já vimos que esse favoritismo nem sempre leva a algo bom, e no futebol as surpresas estão na ordem do dia", disse o treinador em entrevista coletiva concedida no Estádio Internacional de Yokohama, palco da decisão de amanhã.

"As duas equipes chegam como favoritas a esta final. Nós não vamos mudar nosso estilo e vamos jogar o que sabemos. O adversário tentará evitá-lo da maneira que considerar oportuna e como puder, seja através da bola, de estratégias ou de sua intensidade física", acrescentou.

Luis Enrique considerou que o mais provável é que seu time tenha mais a bola, mas ressaltou que será necessário esforço de seus atletas também na marcação. "Imagino que teremos mais a bola, mas também teremos de ser efetivos quando eles a tiverem", advertiu.

O técnico espanhol também demonstrou conhecimento do adversário, e fez elogios a jogadores como o meio-campista Carlos Sánchez e os atacantes Mora, Alario e Saviola, com quem jogou no Barça. "O River tem individualidades, mas eu o destacaria como bloco", ponderou.

Por fim, Luis Enrique negou que a motivação do River seja maior que a da equipe catalã, que já venceu o Mundial em 2009, batendo o Estudiantes na prorrogação, em 2011, goleando o Santos.

"Para nós seria, um ponto final em grande estilo à temporada. Os jogadores sabem que esta partida é disputada muito poucas vezes na vida, e, embora há alguns que já ganharam este título uma ou duas vezes, a motivação do conjunto é igual à de qualquer outra equipe", garantiu.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.