Tamanho do texto

Além de pedido enviado à juiza, atacante espera pela decisão de suspensão da federação francesa de futebol na quinta-feira

Benzema e Valbuena em partida da seleção francesa
Adam Pretty/Getty Images
Benzema e Valbuena em partida da seleção francesa

O centroavante Karim Benzema, acusado de ser cúmplice no suposto caso de chantagem com vídeo íntimo do colega de seleção Mathieu Valbuena, quer uma acareação com o jogador, informou nesta terça-feira o jornal "Le Parisien".

Alain Jakubowicz, um dos dois advogados do atacante do Real Madrid, disse ao jornal que já apresentou um pedido para que os dois jogadores compareçam juntos à justiça.

A juíza encarregada do caso tem agora um mês para se pronunciar a respeito, mas a organização do encontro, caso seja aprovado, pode demorar mais tempo. Segundo o "Le Parisien", se o encontro for recusado, os advogados de Benzema podem comparecer à sala do Tribunal de Apelação.

À espera da decisão da juíza, o jogador também está pendente da decisão da Federação Francesa de Futebol (FFF), que pode suspendê-lo de forma temporária  nesta quinta-feira.

Benzema disse em entrevista à emissora "TF1" no domingo que sua situação é "difícil", mas ressaltou que seu "objetivo" é voltar a vestir a camisa da Fraça na Eurocopa, junto com Valbuena. De acordo com o atacante, sua acusação se deve a "um grande mal-entendido".

"A princípio, só queria ajudá-lo, porque tinham feito algo do mesmo estilo comigo. Trata-se de alguém que joga comigo na seleção da França, é um amigo", declarou Benzema em depoimento à juíza encarregada do caso, segundo a transcrição da audiência divulgada pelo "Le Monde"

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.