Tamanho do texto

Com 14 gols em 13 partidas da liga nacional, o jovem craque brasileiro supera lendas como Ronaldo, Romário e Evaristo

Neymar comemora gol que abriu o placar na vitória sobre o Real Sociedad, neste sábado
David Ramos/Getty Images
Neymar comemora gol que abriu o placar na vitória sobre o Real Sociedad, neste sábado


O Campeonato Espanhol 2015-2016 se aproxima do final do primeiro turno, e o desempenho de Neymar não poderia melhor. Pelo menos não no que se refere a um craque brasileiro do Barcelona. Com 14 gols em 13 partidas, ele supera alguns nomes legendários do futebol nacional que já vestiram a camisa do time catalão. 

Você sabe: nós realmente não estamos falando de quaisquer jogadores. Mas, sim, de gente do nível de Romário, Ronaldo, Rivaldo e Ronaldinho Gaúcho, todos nomes que fizeram história pelo Barça e, vejam só, viriam a se tornar os melhores do mundo.

Ao marcar dois gols contra o Real Sociedad, Neymar não só deixou para trás os "4 Rs" como também o célebre Evaristo de Macedo, que foi um dos grandes ídolos da torcida  culé na década de 60. O ex-jogador do Flamengo tinha 13 gols em 13 jornadas em 1966-67. 

Leia também:
"Estratosférico": imprensa mundial reverencia Neymar após gol antológico
Neymar já virou o "carrasco" do Real Madrid, avalia jornal 'merengue'

Em relação aos astros contemporâneos, Ronaldo também anotou 13 gols nesse mesmo intervalo em 1996-97, enquanto Romário ficou com 12 em 1993-94, no auge, meses antes de liderar a seleção brasileira rumo ao tetracampeonato mundial nos Estados Unidos. Ronaldinho (10 gols em 2006-07) e Rivaldo (oito em 1997-98) já não eram páreo.

Contando Champions League e liga espanhola, Neymar tem 16 gols e, hoje, é o segundo principal artilheiro do futebol europeu. Apenas o gabonês Pierre-Emerick Aubameyang, sensação do Borussia Dortmund , marcou mais, com 17 gols. 

"A evolução de Neymar é incrível. Ele vai se transformar no jogador que quer ser porque tem todos os ingredientes para fazê-lo. É um jogador fantástico, e se ele se encaixa bem com os outros grandes jogadores da nossa equipe", avaliou o lateral Daniel Alves, companheiro de Barça.