Tamanho do texto

Conquista da Copa América pelo Chile coloca treinador argentino, velho sonho do mercado brasileiro, entre os três finalistas da categoria, ao lado de Guardiola e Luiz Enrique

Jorge Sampaoli comemora vitória chilena sobre o Brasil
EFE
Jorge Sampaoli comemora vitória chilena sobre o Brasil


Um velho sonho do futebol brasileiro, campeão da Copa América pelo Chile, Jorge Sampaoli se tornou nesta segunda-feira o primeiro técnico sul-americano indicado ao prêmio de melhor do ano em sua profissão pela Fifa. 

O argentino, de 55 anos, vai concorrer com os espanhóis Pep Guardiola, do Bayern de Munique, e Luis Enrique, do Barcelona, que é o favorito, pela conquista de uma tríplice coroa pelo time catalão neste ano. O vencedor será conhecido no dia 11 de janeiro, em cerimônia realizada em Zurique, na Suíça. 

Leia também
Neymar recoloca Brasil na final de Bola de Ouro após oito anos
Não é só Neymar! Brasil concorre a golaço do ano com Wendell Lira

Sampaoli ganhou os holofotes na América do Sul como comandante da Universidad de Chile entre 2011 e 2012, ganhando três campeonatos nacionais e a Copa Sul-Americana de 2011. Ele assumiu a seleção chilena logo depois e já foi sondado por clubes como São Paulo, Internacional e Cruzeiro

O prêmio foi criado em 2010 pela federação internacional, como complemento à Bola de Ouro, distribuída em parceria com a tradicional revista France Football.

Em cinco edições, apenas profissionais europeus haviam constado entre os finalistas, com uma repetição de nomes. Guardiola, por exemplo, foi indicado pela quarta vez, depois de ter vencido em 2011 e ficado em terceiro em 2010 e 2012.

José Mourinho (Portugal), Vicente Del Bosque (Espanha), Alex Ferguson (Escócia), Arsène Wenger (França), Carlo Ancelotti (Itália), Joachim Löw, Jupp Heynckes e Juergen Klopp (Alemanha) foram os outros nomes. 


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas