Tamanho do texto

Aos 75 anos, ex-goleiro italiano tinha dificuldades para lembrar de fatos do passado e reconhecer alguns familiares, diz jornal

Dino Zoff (esq.), em 2011, recebendo homenagem antes de jogo da Itália contra a Irlanda do Norte
Claudio Villa/Getty Images
Dino Zoff (esq.), em 2011, recebendo homenagem antes de jogo da Itália contra a Irlanda do Norte

O ex-goleiro italiano Dino Zoff, que está hospitaliado há três semanas em uma clínica de Roma, por encefalite viral, recuperou parte da lucidez, informou nesta segunda-feira o jornal "Gazzetta dello Sport".

O técnico da 'Azurrra' entre 1998 e 2000 chegou a falar em tom de brincadeira com jornalistas da publicação, garantindo que "defendeu" o problema de saúde.

De acordo com a "Gazzetta", em decorrência da encefalite, Zoff tinha dificuldades para lembrar de fatos do passado e reconhecer alguns familiares. A recuperação, apesar disso, evoluiu bem, de acordo com médicos.

Dino Zoff ergue a taça após a vitória da Itália na final da Copa da Espanha, em 1982
Getty Images
Dino Zoff ergue a taça após a vitória da Itália na final da Copa da Espanha, em 1982

Paolo Rossi, carrasco do Brasil na Copa do Mundo de 1982, ex-companheiro de Zoff, foi um dos que se manifestou em apoio ao lendário goleiro.

"Força, capitão! Um homem que ganhou o Mundial com 40 anos, só pode se recuperar e estar bem", afirmou.

Zoff, de 75 anos, jogou profissionalmente até os 41, quando pendurou as luvas, atuando pela Juventus. Em 2005, o ex-goleiro fez o último trabalho como técnico, na Fiorentina

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.