Tamanho do texto

Magoado com chantagem sexual, veterano da França diz que tinha relação de "unha e carne" com o centroavante do Real Madrid e questiona a linha de defesa adotada pelo ex-amigo

Benzema e Valbuena durante partida da Copa do Mundo de 2014
RODRIGO ARANGUA/AFP/Getty Images
Benzema e Valbuena durante partida da Copa do Mundo de 2014


Depois de ser alvo de uma quadrilha de chantagistas na França, em rede que supostamente envolve até mesmo o astro Karim Benzema , o baixinho meia-atacante Mathieu Valbuena quebrou o silêncio nesta sexta-feira em entrevista ao jornal "Le Monde Diplomatique". Na entrevista, desabafou sobre o seu companheiro de seleção, com quem considerava ter uma relação de "unha e carne". 

Valbuena acusa Benzema de ter vínculo com o grupo de chantagistas que afirmam ter um vídeo íntimo com imagens dele e sua mulher, enquanto o atacante do Real Madrid afirma que foi apenas um intermediário  entre o companheiro e um velho amigo de infância, Karim Zenati. 

"Não faria isso nem com o meu pior inimigo", rebate Valbuena. "Suas palavras mostram falta de respeito. Eu respeito todo mundo, mas aqui tenho a sensação de que ele acha que sou um tonto. Não posso defender o indefensável. A forma como ele conta as coisas é como se quisesse me incitar a encontrar alguém. Ele sabe perfeitamente que, se me reúno com alguém, não é para falar de bobagem. Então por que faria isso com um colega de seleção na concentração?"

Leia também:
Cusparada de Benzema após Marselhesa vira polêmica na França
Valbuena presta depoimento. Advogado defende denúncia à polícia

Segundo o experiente jogador, Benzema teria dito que o "vídeo era quente" e que estava lidando com "grandes delinquentes". A existência das imagens, porém, é incerta. O atleta alega que nada lhe foi apresentado, mas acredita que, se houver um vídeo, "seria ingênuo pensar que alguém o destruiria gratuitamente".

Não obstante o contato com Benzema que pôs fim a uma amizade de longa data, outro jogador com diversas convocações para a seleção brasileira também teria abordado Valbuena com o mesmo assunto: Samir Nasri, meia do Manchester City. "Mas nossas relações sempre foram difíceis", diz. 

A despeito de toda a polêmica, o baixinho do Lyon afirma que não descarta continuar sua carreira com a seleção francesa, se convocado. "É preciso separar o aspecto esportivo do judicial", diz. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas