Tamanho do texto

Manchester United, Arsenal e Chelsea jogam a vida na última rodada em dezembro. Só o Manchester City já está classificado

Jesse Lingard e Joshua Brenet em lance do 0 a 0 entre Manchester United e PSV na Inglaterra
Michael Regan/Getty Images
Jesse Lingard e Joshua Brenet em lance do 0 a 0 entre Manchester United e PSV na Inglaterra

A quinta rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões deixou definidos nove dos 16 times das oitavas de final: Real Madrid e PSG (Grupo A), Atlético de Madri e Benfica (Grupo C), Juventus e Manchester City (Grupo D), Barcelona (Grupo E), Bayern de Munique (Grupo F) e Zenit (Grupo H). 

Dois grupos (B e G) ainda não têm definição de classificados. E neles está a vida de dois ingleses que penam em grupos teoricamente tranquilos.

Veja a classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias da Liga dos Campeões

O Manchester United, três vezes campeão europeu, é segundo no grupo B, com oito pontos. Na última rodada, dia 8 de dezembro, vai a Wolfsburg precisando vencer para se classificar. Um empate classifica o Wolfsburg, líder com nove. O PSV, com sete, receberá o CSKA, já eliminado, e se vencer estará classificado. Além disso, caso o Wolfsburg vença, um empate será suficiente ao time holandês.

Já o Chelsea, atual campeão inglês e campeão europeu em 2012, tem 10 pontos no grupo G, mesma pontuação do Porto. Na última rodada, dia 9 de dezembro, as duas equipes se enfrentam em Londres. Um empate classifica o Porto em primeiro lugar do grupo. O Dínamo de Kiev, com oito pontos, torce por um vencedor na partida. 

Willian disputa a bola com Omri Ben Harush, do Maccabi
Ian Walton/Getty Images
Willian disputa a bola com Omri Ben Harush, do Maccabi

Quem também está em apuros é o Arsenal. Com seis pontos, só se classifica em segundo no grupo F se vencer o Olympiacos, em Atenas, por dois gols de diferença ou por 3 a 2, 4 a 3, 5 a 4, assim por diante. O time grego tem nove pontos e, como venceu em Londres por 3 a 2, leva vantagem no confronto direto.

A má fase da Inglaterra no cenário europeu desperta atenção dada a grande disparidade entre o que os clubes do país lucram em relação aos pares do continente. 

O mau momento dos times da Inglaterra no continente compromete o coeficiente da Uefa que define o número de vagas de cada país na Liga dos Campeões. Na temporada passada, apenas duas equipes inglesas foram às oitavas (Arsenal e Manchester City foram eliminados logo no primeiro mata-mata).

    Leia tudo sobre: bayern de munique
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas