Tamanho do texto

Jogador cuspiu no gramado do estádio Santiago Bernabéu antes do início da partida entre Real Madrid e Barcelona

A cusparada no chão do atacante Karim Benzema, logo após a execução do hino nacional da França no estádio Santiago Bernabéu, onde foi disputado no sábado o duelo entre Real Madrid e Barcelona, pelo Campeonato Espanhol, vem causando polêmica nas redes sociais.

Benzema cuspiu logo após a execução do hino francês e criou polêmica
Reprodução/Twitter
Benzema cuspiu logo após a execução do hino francês e criou polêmica

As imagens mostram o gesto do jogador da seleção 'bleu', logo ao término da Marselhesa, tocada no piano, como forma de homenagear as vítimas dos atentados em Paris e arredores, ocorridos no último dia 13.

Muitos torcedores estão cobrando medidas drásticas, como a exclusão de Benzema da equipe nacional da França, que atuará em casa na próxima edição da Eurocopa, no ano que vem.

A eurodeputada conservadora francesa Nadine Morano, por meio da página de seu perfil no Facebook, cobrou que o atleta do Real Madrid não atue mais pela seleção.

"O ato mostra um desprezo e uma ofensa às vítimas, às famílias e à toda a nação. Após termos tolerado durante muito tempo as vaias à Marselhesa nos estádios de futebol, é necessária uma punição dura contra Benzema", escreveu a parlamentar.

Assista ao momento abaixo:


La Marseillaise jouée (au piano) avant Real... por Le_Soir

Nas redes sociais, alguns internautas saíram em defesa do atacante, afirmando que se tratou de um caso "fortuito", sem qualquer relação com o hino francês ou os atentados terroristas.

Benzema perdeu os últimos jogos da seleção francesa por causa do envolvimento no processo judicial aberto pelo companheiro Mathieu Valbuena, por causa da chantagem por causa de um vídeo com conteúdo erótico.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas